Oi é notificada pela Bolsa de Nova York por descumprir regra

Operadora tem até dezembro para se adequar às diretrizes do mercado de ações.

Nesta terça-feira, 12, em comunicado enviado pela Oi à Comissão de Valores Mobiliários (CVM), a companhia afirma que foi notificada pela Bolsa de Valores de Nova York (NYSE, na sigla em inglês) por manter suas ações com valor abaixo de US$ 1,00.

Segundo as regras da NYSE, o preço médio das ações listadas de uma empresa na bolsa não pode ser inferior a US$ 1,00 por ação em um período de 30 dias úteis consecutivos.


Para se adequar ao padrão, a Oi tem um período de seis meses para voltar a cumprir o requisito de preço mínimo de ações.

Entretanto, como existe uma flexibilização temporária concedida à NYSE
pela comissão de valores dos Estados Unidos (SEC), o prazo começa a ser contado a partir de 30 de junho, podendo a operadora atender a conformidade até 22 de dezembro deste ano.

Na bolsa brasileira, a Oi também enfrenta o mesmo problema, com suas ações operando abaixo do limite mínimo de R$ 1.

A operadora pretende manter a listagem das ações, cumprindo os outros requisitos da NYSE. Caso não volte a cumprir o requisito de preço mínimo, a companhia pretende alterar os termos de suas American Depositary Shares (ADSs) para um número maior de ações ordinárias.

VIU ISSO?

–> Oi alerta Anatel sobre migração da telefonia fixa

–> TIM e Vivo estão mais perto de concretizar a compra da Oi Móvel

–> Oi amplia catálogo para clientes corporativos

Entretanto, tal medida deve ser aprovada pelo conselho de administração da Oi e implantada com antecedência, para não estourar o prazo de 22 de dezembro.

No momento do fechamento desta matéria, as ações da Oi (OIBRc) na Bolsa de Nova York são cotadas a US$ 0,50, queda de 2,82%. Desde 5 de março, as ações da operadora estão operando abaixo do limite mínimo.

A SKY tem o plano ideal para a sua TV! Aproveite já com 50% de desconto no primeiro mês. Ligue 0800 123 2040.

COMPARTILHAR EM:

About Hemerson Brandão
Jornalista, gestor e produtor de conteúdo. São 8 anos trabalhando com blogs, revistas, agências e clientes corporativos. Apaixonado por ciência, tecnologia e exploração espacial.
Acompanhar esta matéria
Notificação de
0 Comentários
Comentários embutidos
Exibir todos os comentários