AT&T é denunciada por funcionário

Entenda a prática abusiva que o trabalhador alega ser aplicada pela operadora.

Loja da AT&T. Imagem: Google StreetView
Loja da AT&T. Imagem: Google StreetView

Nos Estados Unidos, um vendedor da AT&T alegou ter sido monitorado indevidamente pela operadora. Pois é, o funcionário em questão trabalha externamente, com um carro da empresa.

Sua atividade é basicamente acompanhar produtos que já foram vendidos, o pós-venda, e fazer a captação de novos clientes.


No entanto, o problema nasce com o monitoramento via GPS que a prestadora faz no carro de seus colaboradores externos. Não é permitido, por exemplo, que eles utilizem o veículo para tarefas pessoais e nem mesmo passem mais de 45 minutos com um cliente.

Além de denunciar a prática da empresa, o profissional conta ainda que chegou até mesmo a ser cobrado pelo serviço de rastreamento. Foi retirado um valor entre US$ 85 e US$ 135 do seu pagamento.

Algo que ele nunca concordou e sequer foi informado. Para completar, a gigante companhia não paga horas extras, já que o modelo de trabalho é isento da obrigatoriedade na Califórnia, estado de atuação do vendedor.

O pagamento dos profissionais, obviamente, é feito com um salário base e o bônus a partir das vendas, mas o funcionário alega também que o acompanhamento pós-venda atrapalha a captação de novos clientes.

VIU ISSO?

–> Desejada por brasileiros, a AT&T é mesmo tudo o que dizem?

–> Telefónica Vivo se une à AT&T para combater dona da Claro

–> Definido: SKY e Warner agora pertencem à mesma companhia

Pelos seus direitos, o vendedor foi em busca da Justiça Trabalhista dos Estados Unidos.

Em resposta, a AT&T alegou que paga seus funcionários de maneira justa e segue a lei estipulada.

Com informações de The Register

A SKY tem o plano ideal para a sua TV! Aproveite já com 50% de desconto no primeiro mês. Ligue 0800 123 2040.

COMPARTILHAR EM:

About Anderson Guimarães
Jornalista com cinco anos de experiência em produção de conteúdo digital. Passagens por eventos nacionais, mídias sociais e agências de publicidade. Apaixonado por tecnologia e cultura pop.
Acompanhar esta matéria
Notificação de
2 Comentários
mais antigo
mais novo mais votado
Comentários embutidos
Exibir todos os comentários
Aldevany Hugo

Nós sabemos que abuso de poder existe em todos os lugares, não é diferente com as empresas de telecomunicações, elas abrigam milhões de empregos sob seus tetos. Toda denúncia tem que ser averiguada com cautela para evitar os abusos, seja de quem for (tanto da parte da empresa como da parte do empregado, se houver).

Cidade - UF
São Luís de Montes Belos/GO
Marcelo Alves

Funcionário é santo nunca faz merda , só as empresas que pisa na bola ,quem reclama das empresas ,monta uma pra ver como é bom

Cidade - UF
Brasília