Oi Fibra chega a mais quatro cidades

Operadora segue seu plano estratégico de massificar a fibra óptica, mesmo diante do surto do novo coronavírus.

A Oi acaba de anunciar que o seu serviço de internet banda larga por fibra óptica chegou a mais quatro novas cidades. São elas, Criciúma, Lages e Tubarão, no estado de Santa Catarina, e Maringá, no Paraná.

O Oi Fibra é o principal ativo da operadora para enfrentar a recuperação judicial, que se arrasta desde 2016. Em seu plano estratégico, a Oi pretende manter o foco na massificação da fibra óptica no país e investir em negócios que tem maior valor agregado.


Além da internet rápida, a companhia pretende oferecer serviços de IPTV e conteúdo OTT, além de garantir uma infraestrutura para a evolução do vindouro 5G.

Em Santa Catarina, o Oi Fibra já estava disponível nas cidades de Blumenau, Brusque, Chapecó, Florianópolis, Itajaí, Joinville e Rio do Sul.

No Paraná, a internet rápida é oferecida em Almirante Tamandaré, Cascavel, Colombo, Curitiba, Pinhais, Ponta Grossa e São Jose dos Pinhais.

VIU ISSO?

–> Oi oferta benefícios para empreendedores

–> Oi lança plano móvel com 16GB por R$ 49,99

–> Oi ativa rota emergencial para lidar com efeitos do coronavírus

Já no Rio Grande do Sul, o serviço está presente em Alvorada, Canoas, Caxias do Sul, Novo Hamburgo, Passo Fundo, Pelotas, Porto Alegre, Santa Cruz do Sul, Santa Maria, São Leopoldo e Viamão.

O Oi Fibra oferece internet de até 200 Mbps, com preços a partir de R$ 99,90 por mês. O serviço inclui o Oi Play, uma plataforma exclusiva da operadora para assistir vídeos sob demanda, como filmes, séries, desenhos e esporte.

Com informações de Assessoria de Imprensa Oi.

About Hemerson Brandão
Jornalista, gestor e produtor de conteúdo. São 8 anos trabalhando com blogs, revistas, agências e clientes corporativos. Apaixonado por ciência, tecnologia e exploração espacial.
0 0 voto
Nota para o redator
Acompanhar esta matéria
Notificação de
11 Comentários
mais antigo
mais novo mais votado
Comentários embutidos
Exibir todos os comentários