Conheça os principais golpes que se aproveitam do coronavírus

Entenda como o período de reclusão domiciliar e quarentena se tornou lucrativo para os criminosos digitais.

Ilustração computador infectado
Imagem: Pixabay

Por mais delicada que a situação esteja, as reclusões domiciliares e quarentenas mundo afora se tornaram grandes oportunidades de negócio para criminosos digitais.

Ao todo, já existem mais de 2 mil domínios com a palavra “coronavírus” e sem o certificado SSL (Secure Socket Layer), protocolo para emitir segurança no compartilhamento de dados.


Em sites ilegais de venda, hackers oferecem desconto pelo código “COVID-19” em serviços como invasão de Facebook e outros.

Abaixo, listamos algumas das ciladas frequentes que podem ser extremamente nocivas aos usuários. Confira:

Aplicativo para mapear casos em tempo real

Muito cuidado com a oferta de um aplicativo que promete mapear os casos de coronavírus em tempo real.

Uma suposta ferramenta está sendo compartilhada e assim que o usuário faz o download, seus dados são roubados e o criminosos solicitam um pagamento em bitcoin para ser feito em até 48 horas.

Só assim os dados do smartphone são desbloqueados e o usuário consegue ter acesso ao que perdeu.

Para ter informações sobre a pandemia, é recomendado acompanhar sempre o Ministério da Saúde, assim como os veículos oficiais que noticiam sobre a área de saúde.

Netflix gratuita? Não

O nome da Netflix é utilizado com muita frequência para a aplicação de golpes. Um deles compartilha um link, solicita o cadastro e promete liberação gratuita de uma assinatura no streaming durante o período de pandemia.

De acordo com o PSafe e dfndr lab, o link para o golpe já teve mais de 1 milhão de acessos e compartilhamentos.

A estratégia serve para roubar dados e fazer criminosos faturarem com anúncios publicitários fraudulentos. Para informações oficiais, é recomendado sempre acompanhar os canais próprios da Netflix, assim como o site da empresa.

VIU ISSO?

–> Procon faz alerta sobre golpe telefônico

–> Alerta: Golpe do chip de celular afeta cinco mil vítimas

–> Trabalhadores de call center estão expostos ao coronavírus

Distribuição grátis de álcool gel da Ambev

Um outro link de acesso garante que a fabricante de cervejas vai doar 1 milhão de unidades de álcool em gel, contato que o usuário faça um breve cadastro pelo site disseminado.

A informação não procede e a própria companhia já desmentiu o boato de distribuição para o público.

No entanto, a empresa confirmou a fabricação do produto, mas todos serão entregues aos hospitais públicos das cidades de São Paulo, Rio de Janeiro e Brasília.

O golpe é mais uma tentativa de roubo de dados.

Imagem divulgada pela Ambev no Facebook.
Imagem divulgada pela Ambev no Facebook.

Ofertas fora do comum

Sabe aquele banner de encher os olhos? Com produtos caros como um notebook por preços absurdamente baixos? A recomendação é ter muito cuidado.

A pandemia do COVID-19 também motiva a proliferação de ofertas falsas e sites que podem roubar dados do cartão de crédito do usuário.

É recomendado ter sempre atenção aos domínios. Criminosos conseguem até mesmo reproduzir páginas de lojas famosas como “Americanas.com” para enganar consumidores.

Mas o domínio pode salvar qualquer um de cair em uma cilada. É necessário ter sempre atenção. Na dúvida, consulte o site oficial da loja.

Como se proteger?

As dicas são simples. Basta buscar sempre por canais de comunicação oficiais antes de cair em qualquer informação que chega via WhatsApp ou outros mensageiros.

Aplicativos devem ser sempre baixados pelas lojas oficiais como Play Store (Android) e App Store (iOS). Qualquer link que direcione para outro caminho deve ser evitado.

Sobre as páginas, é importante sempre verificar sempre se o endereço começa com o código HTTPS ou HTTP.

Outra dica é manter um antivírus instalado no celular e ter cuidado extra com redes públicas de Wi-Fi.

Com informações de Olhar Digital e TechTudo

About Anderson Guimarães
Jornalista com cinco anos de experiência em produção de conteúdo digital. Passagens por eventos nacionais, mídias sociais e agências de publicidade. Apaixonado por tecnologia e cultura pop.

1
DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, FAÇA LOGIN para comentar
  Acompanhar esta matéria  
o mais novo mais antigo mais votado
Notificação de
Fábio Arai
Colaborador

Todo cuidado é pouco nesse momento que muitos estão obrigados a “confinamento” compulsório. Nada de ir atrás de ofertas mirabolantes e tentadoras. Façam compras em sites conhecidos e nada de sair clicando em qualquer link que chegar ainda que seja de pessoas conhecidas…

Cidade - UF
Jacaréi - SP