Governo dos Estados Unidos fará pente fino nas operadoras do país

Agência reguladora quer saber quem utiliza produtos fabricados na China.

Nesta quarta-feira, 26, a Comissão Federal de Comunicações (FCC, na sigla em inglês) dos Estados Unidos, abriu um chamamento para que as empresas telefônicas do país relatem o uso de equipamentos e serviços da Huawei e ZTE, empresas chinesas acusadas pelo governo de Donald Trump de apresentarem risco de espionagem.

A ação é mais um capítulo da disputa entre os EUA e a China em torno da inovação tecnológica do 5G. O mapeamento da participação chinesa na infraestrutura de telefonia americana visa quantificar quanto investimento seria necessário para fazer a completa substituição dos produtos de empresas que são consideradas como uma “ameaça à segurança nacional”.


A ideia é gerar um programa governamental de reembolso e definir maneiras de como garantir uma transição suave.

Autoridades, diplomatas e legisladores dos Estados Unidos alegam que as empresas chinesas são instrumentos de espionagem do governo de Pequim, algo que é negado pelas fabricantes da China.

VIU ISSO?

–> Huawei contra-ataca governo de Donald Trump

–> Huawei está criando um novo sistema operacional para smartphones

–> Contrariando Trump, Pentágono desbloqueia Huawei

O problema é que os equipamentos das chinesas são mais baratos do que os das empresas concorrentes e são bastante populares, principalmente, em empresas rurais americanas, que recebem subsídios do governo.

Esses pequenos provedores de telecomunicações têm até 22 de abril para reportar a utilização de infraestrutura da Huawei e ZTE. Desde novembro do ano passado, eles estão proibidos de importar equipamentos da China.

A agência regulatória está, até mesmo, propondo a remoção imediata dos produtos da infraestrutura de rede que são considerados como uma ameaça.

A “Rural Wireless Association”, em recente comunicado, afirmou à FCC que se as pequenas operadoras continuarem a ser impedidas de comprar produtos das fabricantes chinesas elas seriam forçadas a encerrar o serviço de telefonia em alguns mercados.

Com informações de Engadget e The Japan Times.

COMPARTILHAR EM:

COMENTÁRIOS MAIS BEM AVALIADOS DO MÊS

55

Banco Inter vai distribuir gratuitamente 7 mil chips da Intercel

é um chip degustação, esperava o que? rs
  • 01/07/2020 by Luiz Carvalho

48

Banco Inter vai distribuir gratuitamente 7 mil chips da Intercel

dados atualmente não são problemas para as grandes operadoras, e mesmo assim, mta gente não se sente satisfeito, pois a escolha depende de outros fatores tbm. Ex: Oi oferece pacotes gigantescos de dados e sinal ruim…outras não se sentem bem atendidos, ou enfrentam problemas diversos…esses dias o vivo easy prime deu um BO impedindo que fosse realizado chamadas, Claro Flex tem um plano maravilhoso e um aplicativo péssimo…todas tem prós e contras, e cada consumidor tem uma medida do que é mais importante pra si mesmo.
  • 01/07/2020 by Luiz Carvalho

42

Consumidor presta queixa contra comercial de Vivo Fibra

Meu deus do céu. Esse povo tá chato demais. Essa geração mi-mi-mi tá um saco.
  • 20/06/2020 by Tauan Fontoura

37

‘TIM Beta’ e ‘TIM Pré’ vão perder alguns benefícios

A Tim só tem um pouco mais de vantagem no pré pago, devido ter Facebook Twitter e Messenger e whatsapp, agora se começar a regular uso, com certeza a Claro vai ser o melhor plano. Tenho e não troco por nenhuma.
  • 02/07/2020 by Roberto Ramos

37

‘TIM Beta’ e ‘TIM Pré’ vão perder alguns benefícios

O TIM Black e os planos controle também sofreram essas medidas. Isso vai fazer a Claro roubar os clientes da TIM.
  • 02/07/2020 by Jefferson Rodrigues

COMENTÁRIOS RECENTES DE TODO O SITE

About Hemerson Brandão
Jornalista, gestor e produtor de conteúdo. São 8 anos trabalhando com blogs, revistas, agências e clientes corporativos. Apaixonado por ciência, tecnologia e exploração espacial.
Acompanhar esta matéria
Notificação de
0 Comentários
Comentários embutidos
Exibir todos os comentários