Oi é notificada pela Bolsa de Valores

Ações da Oi estão operando abaixo do limite mínimo exigido pela B3.

Depois de ficar mais de 30 dias com suas ações valendo menos que R$ 1, a B3 SA notificou a operadora a Oi (OIBR3 / OIBR4) a divulgar os procedimentos e cronograma para reverter a situação.

Desde agosto, as ações ordinárias da Oi têm sido cotadas em várias ocasiões abaixo do valor mínimo de R$ 1,00, inclusive ficando mais de 30 dias consecutivos nesse patamar, o que é proibido pelas regras da Bolsa de Valores.


A B3 estipulou prazo até 7 de maio de 2020 ou a data da primeira assembleia geral da empresa realizada, o que acontecer primeiro, após o recebimento da notificação, para declarar o que pretende fazer.

Em resposta, a Oi informou que caso a cotação de suas ações não alcance o patamar acima de R$ 1,00, após a implementação das próximas etapas previstas em seu plano estratégico, a companhia pretende propor ao Conselho de Administração da Companhia, durante a próxima Assembleia Geral Ordinária, o grupamento de suas ações.

VIU ISSO?

–> Caixa financeiro da Oi caiu 14,9% em agosto

–> Operação de telefonia móvel da Oi já está à venda, segundo a Vivo

–> Oi adia apresentação de seus resultados trimestrais

O procedimento de grupamento consiste em reunir várias ações em uma, permitindo elevar o preço da ação para facilitar sua negociação em bolsa.

Por exemplo, ao agrupar 5 ações de R$ 0,97 (a cotação atual da OIBR3) em uma, o preço subiria para R$ 4,85. Na prática, a ação não altera em absolutamente nada o valor do investimento. O investidor continuará com o valor investido inicialmente, com a diferença que antes ele tinha 1000 ações na bolsa valendo R$ 0,97, agora ele terá 200 ações valendo R$ 4,85.

A próxima Assembleia Geral Ordinária da Oi deve ocorrer em abril de 2020.

Com informações de Assessoria de Imprensa Oi.

A SKY tem o plano ideal para a sua TV! Aproveite já com 50% de desconto no primeiro mês. Ligue 0800 123 2040.

COMPARTILHAR EM:

About Hemerson Brandão
Jornalista, gestor e produtor de conteúdo. São 8 anos trabalhando com blogs, revistas, agências e clientes corporativos. Apaixonado por ciência, tecnologia e exploração espacial.
Acompanhar esta matéria
Notificação de
1 Comentário
mais antigo
mais novo mais votado
Comentários embutidos
Exibir todos os comentários
Marcelo Alves

A empresa oi enganou investidores compravam sua ações na bolsa de valores, aumentando o caixa da empresa pensando que a empresa ia investir o dinheiro em infraestrutura ,fibra ótica , levando o 4 G para várias cidades etc , não fez nada e sem indivíduo, hoje tem uma dívida superior a 60 bilhões a pergunta que eu faço cadê o dinheiro dos lucros do serviços que os clientes contratam, cadê o dinheiro dos investidores da bolsa de valores, toda empresa que adquire uma dívida de 60 bilhões aumentou o investimentos por que quando você adquire uma dívida você adquiriu bens… Leia mais »

Cidade - UF
São Paulo