Compartilhamento de espectro vai gerar oportunidades, segundo a Oi

Operadora considera que a prática será um dos passos fundamentais para o desenvolvimento do 5G no Brasil.

Ilustração Smartphone
Imagem: Pixabay

Na contribuição para a consulta pública realizada pelo MCTIC, a Oi defendeu que o compartilhamento de infraestrutura será essencial para o desenvolvimento do 5G no Brasil. Na visão da operadora, o espectro também deve ser compartilhado e isso pode favorecer o surgimento de novas empresas.

“Deve-se estimular o compartilhamento de infraestrutura ativa e passiva entre os prestadores, incluindo postes, torres, dutos e condutos, por meio de incentivos ao compartilhamento voluntário”, disse a Oi.


A operadora defende que o compartilhamento de espectro, assim como a não exclusividade do uso, trará uma ferramenta para a utilização oportunista desse recurso. Seja para faixas sem aproveitamento ou com limitações geográficas.

VIU ISSO?
Disney+ terá pacote com ESPN+ e Hulu para desbancar rivais
Qual operadora tem o melhor custo-benefício nos planos pós-pagos?
Conexão da Oi atende 95 mil pessoas na Game XP

Dessa forma, o espectro é potencializado e atrai novos investimentos de empresas neutral-host, assim como a criação de novos modelos de negócios que dividem infraestrutura e exploração de serviços, conforme explicou a Oi.

Na ocasião, a operadora pediu pela aprovação do PLC 79. Depois do projeto, as teles poderão priorizar a “implantação de redes de transporte em fibra ótica, rádio IP e backbone decorrentes das demandas de capacidade inerentes a tecnologia 5G”.

A disponibilização do 100 MHz contíguo nas bandas médias também foi um tema mencionado e defendido pela operadora, assim como o 1GHz por operador nas bandas milimétricas.

A empresa destaca o desejo que os leilões tragam preços baixos, assim os valores não vão atrasar os investimentos em infraestrutura.

Com informações do Tele.Síntese

About Anderson Guimarães
Jornalista com cinco anos de experiência em produção de conteúdo digital. Passagens por eventos nacionais, mídias sociais e agências de publicidade. Apaixonado por tecnologia e cultura pop.

Deixe um comentário

avatar
  Cadastre-se  
Notificação de