WhatsApp, Facebook e Instagram enfrentam instabilidades

Problema das redes afeta também Uber, 99 e Netflix, por causa das contas vinculadas.

Desde às 10h40 da manhã, usuários reclamam que o WhatsApp não realiza download de fotos, vídeos e áudios. Isso no Android e iOS, assim como na versão Web do aplicativo.

Entretanto, o problema parece muito maior do que imaginamos e engloba outras redes. O Instagram apresenta erro na publicação de stories e fotos no feed, já o Facebook repete o problema no carregamento de imagens na linha do tempo ou em perfil.


As plataformas do Uber, 99 Táxis e Netflix também sentem o impacto das instabilidades, de acordo com as informações publicadas no Olhar Digital. Nas redes sociais, as reclamações não param de crescer e os representantes do aplicativo 99 confirmaram os problemas para Rádio Band News FM.

Como de costume, a repercussão nas redes sociais já está carregada de memes e indignações:

No Twitter, o Facebook informou aos usuários que está ciente dos problemas e trabalha para normalizar os serviços o mais breve possível.

VIU ISSO?
– BOLETIM VIA WHATSAPP
– WhatsApp tomará medidas legais contra o envio em massa
– Vivo libera ligações no WhatsApp para planos controle

Ainda não se sabe os motivos da instabilidade que afetou diversos aplicativos nesta quarta-feira. Entretanto, a matéria poderá sofrer atualizações em breve com a continuidade das repercussões.

Em relação aos outros aplicativos, como Uber, 99 e Netflix, supõe-se que eles estejam sendo afetados por causa das contas vinculadas com o Facebook.

No último comunicado, o Facebook sugeriu que seus usuários comerciais pausassem anúncios nas duas redes sociais.

[ATUALIZAÇÃO – 03/07/2019 22h]:

Em nota, o Facebook afirmou que o problema já havia sido corrigido, mas não deu razões para a falha.

Depois do comunicado, alguns usuários continuaram com relatos de problemas no site Down Detector. Os países mais afetados pelas instabilidades do WhatsApp foram Brasil, Argentina, Peru, Colômbia e alguns países da Europa.

Sobre o Facebook e Instagram, as maiores reclamações foram nos Estados Unidos e Europa.

About Anderson Guimarães
Jornalista com cinco anos de experiência em produção de conteúdo digital. Passagens por eventos nacionais, mídias sociais e agências de publicidade. Apaixonado por tecnologia e cultura pop.

Deixe um comentário

Por favor, faça login para comentar
  Acompanhar esta matéria  
Notificação de