China espiona os celulares dos turistas, diz jornais

Agentes coletavam informações através da instalação de aplicativo sem o conhecimento dos donos.

china

Muito cuidado se o destino da sua viagem de férias ou à trabalho for a China. É que segundo uma investigação capitaneada pelo jornal The Guardiam e o New York Times, juntamente com o site especializado em tecnologia Mother Board os agentes chineses responsáveis pela fiscalização de turistas na fronteira estariam instalando aplicativos de espionagem nos celulares dos viajantes.

O objetivo era obter dados como e-mails, mensagens de texto e histórico de chamadas entre outros, tudo isso sem que houvesse nenhuma notificação ao usuário (dono do aparelho). O mais curioso é que para efetivar a instalação dos apps maliciosos, essas autoridades pediam que os turistas entregassem seus aparelhos juntamente com a senha de acesso.

VIU ISSO?
França cria lei para proteger rede 5G de espionagem
Ex-presidente da TIM é condenado por espionagem
Proprietário da Oi espionava dados e localização de clientes da operadora

Segundo reportagens publicadas, os maiores alvos eram os celulares que utilizam o sistema operacional Android. Não foram encontrados iPhones ‘infectados’ com o app espião ainda que os mesmos tenham sido vasculhados também.

A ação mais que inusitada vinha acontecendo na região de Xinjiang, em Pequim e foi descoberta depois que os oficiais esquecerem de apagar o aplicativo acabando por permitir a descoberta.

*com informações de O Estado de S Paulo e Agências Internacionais

About Bruno Ribeiro
Jornalista com atuação regionalizada há mais de 10 anos em assessoria de imprensa para o setor de Telecomunicações. Com passagem por Agência de Comunicação, Jornais e TV da região nordeste.
Acompanhar esta matéria
Notificação de
0 Comentários
Comentários embutidos
Exibir todos os comentários