Seguradoras investem em proteção para equipamentos portáteis

O mercado de seguros para notebooks, tablets e telefones celulares deve crescer nos próximos anos. A procura por esses serviços tem sido cada vez maior, impulsionada pela popularização dos aparelhos portáteis. Atentas a este cenário promissor, as seguradoras têm desenvolvidos novos produtos com foco neste público.
A seguradora Assurant e a operadora TIM, por exemplo, lançam este mês um seguro com garantia de reposição de tablets e modem em caso de roubo ou furto. De acordo com as companhias, devido ao aumento de roubos e furtos de celulares e tablets, os usuários estão mais preocupados com a proteção desses bens.

A apólice, que tem um valor de R$ 6,49/mês, garante ao usuário de celular pós ou pré-pago a reposição de um aparelho novo. Além da proteção, que será comercializada nas lojas da operadora, o segurado participa de um sorteio mensal e concorrem a R$ 10 mil reais durante o período de vigência do seguro.


Segundo Cássio Stavale, vice-presidente de Vendas e Marketing da Assurant, o seguro tem uma boa aceitação para todos os modelos e seu valor varia de acordo com o aparelho. “O projeto está alinhado com as estratégias de negócios da seguradora que é oferecer ao cliente serviços com qualidade, afinidade e valor”, diz. De acordo com o executivo, a parceria com a operadora faz parte do plano estratégico mundial da Assurant, com o objetivo de diversificar canais de distribuição e de seguros massificados nas operações de todos os países.

A Porto Seguro também disponibiliza um produto específico para equipamentos portáveis. No site da companhia (www.portoseguro.com.br/ipad), os interessados podem fazer a simulação da contratação do seguro, que garante perdas e danos aos aparelhos eletrônicos, principalmente em decorrência de roubo, que é uma das maiores preocupações de quem utiliza esses equipamentos.

Segundo Edson Frizzarim, diretor de Ramos Elementares da Porto Seguro, para contratar o seguro o cliente precisa informar as características do produto e apresentar uma cópia da nota fiscal. “No caso de equipamentos importados, é preciso apresentar a Invoice (nota fiscal estrangeira) e não são aceitos aparelhos em locação”, completa. Além do iPad, a seguradora oferece cobertura para o Samsung Galaxy Tab, principal concorrente do tablet da Apple, entre outros modelos disponíveis no mercado. O executivo explica, ainda, que o custo anual deste seguro costuma ficar em 15% do valor do equipamento.

Para quem ainda tem dúvidas sobre como contratar este tipo de apólice, o site Tudo Sobre Seguros traz todas as informações sobre as coberturas e as proteções disponíveis no mercado. É possível consultar o especialista de plantão no endereço www.tudosobreseguros.org.br.

No UOL Play você encontra filmes, séries, desenhos, shows e esportes ao vivo. Além disso, alugue os títulos que acabaram de sair do cinema. Clique e experimente por 7 dias grátis!

COMPARTILHAR EM:

About Redação Minha Operadora
Um dos principais sites de notícias sobre o setor de telecomunicações do Brasil e do mundo. Mais de 10 mil artigos publicados com cerca de 1 milhão de páginas lidas todos os meses.
Acompanhar esta matéria
Notificação de
0 Comentários
Comentários embutidos
Exibir todos os comentários