Recuperação Judicial da Oi deixa de ser a maior da história do país

Faltando poucos dias para completar três anos, plano de recuperação judicial da Oi perdeu o recorde.

homem se afogando em dívidas - recuperação judicial da Oi

O pedido de Recuperação Judicial (RJ) da operadora de telecomunicações Oi deixou de ser o maior da história do Brasil. A responsável por ultrapassar esse recorde foi a Odebrecht S.A., que formalizou um pedido de recuperação judicial na segunda-feira (17) sob dívidas que totalizam R$ 98,5 bilhões. A Oi, em 20 de junho de 2016, abriu a recuperação no Rio de Janeiro com R$ 65,4 bilhões em dívidas.

Entre os maiores credores da Odebrecht estão bancos públicos, como o BNDES (R$ 10,1 bilhões), Banco do Brasil (R$ 7,84 bilhões) e Caixa Econômica Federal (R$ 4,16 bilhões). Os bancos privados também marcam grande presença, com Bradesco (R$ 4,80 bilhões), Itaú (R$ 3,98 bilhões) e Santander (R$ 912 milhões) encabeçando o TOP 3.

Uma empresa faz pedido de recuperação judicial quando está à beira da falência. Para evitar que o pior aconteça, solicita um prazo para continuar normalmente a sua operação e reorganizar suas dívidas. Entenda melhor aqui.

About Vagner Santos
Entusiasta de Telecomunicações. Fundador do Minha Operadora, hoje um dos principais sites de notícias sobre o setor de telecom do Brasil e do mundo. Mais de 10 mil artigos publicados com cerca de 1 milhão de páginas lidas todos os meses.
Acompanhar esta matéria
Notificação de
1 Comentário
mais antigo
mais novo mais votado
Comentários embutidos
Exibir todos os comentários