Oi converte dívida em instalação de internet para desabrigados

Abrigos do Rio Grande Sul terão internet da Oi IP Connect em um prazo máximo de 140 dias. Ao todo, 24 casas serão beneficiadas.

Em recuperação judicial, chegou ao fim a dívida da Oi com o estado do Rio Grande do Sul. Em um acordo que beneficia a sociedade, o problema foi convertido na prestação de serviços durante 24 meses.

No acordo, ficou estabelecido que 24 abrigos mantidos pela FPE (Fundação de Proteção Especial do Rio Grande do Sul), em Porto Alegre, vão receber internet da Oi IP Connect em até 140 dias.


Para a secretária de justiça, cidadania e direitos humanos, Catarina Paladini, a medida vai melhorar o funcionamento das casas e ter um importante papel social ao transformar a vida das pessoas que vivem nelas, disse ao site Agora no RS.

Em caso de não cumprimento, a operadora terá que pagar uma multa diária.

Desde 2016 em recuperação judicial, a Oi se movimenta pela sua recuperação e conquista da confiança do consumidor.

A atual oferta da empresa inclui planos de telefonia fixa e móvel, conexões banda larga e TV por assinatura via fibra ótica. Para complementar, há o aplicativo de vídeo sob demanda Oi Play.

Nos últimos dias, a operadora ganhou vantagem no ranking feito pela Netflix para medir as maiores velocidade de conexões banda larga.

ECONOMIZE! 💰 Compare os planos das operadoras de celular e escolha o mais vantajoso para você.

*Com informações do Agora no RS.

About Anderson Guimarães
Jornalista com cinco anos de experiência em produção de conteúdo digital. Passagens por eventos nacionais, mídias sociais e agências de publicidade. Apaixonado por tecnologia e cultura pop.
Acompanhar esta matéria
Notificação de
1 Comentário
mais antigo
mais novo mais votado
Comentários embutidos
Exibir todos os comentários