Férias de junho: Fique atento quanto a cobrança de Roaming

Entenda como pode acontecer a cobrança adicional pelo uso do celular fora da sua cidade

Junho chegou e muita gente aproveita o mês de férias escolares para viajar junto com a garotada. Mas além de se preocupar com a programação em si o consumidor deve ficar atento ao uso do celular fora da sua cidade. Em alguns casos poderá haver cobrança adicional, o chamado Roaming.

Ou seja, quando você utiliza as redes móveis das companhias de telefonia fora da cidade onde a sua linha foi habilitada, ou até mesmo no exterior, poderá ser cobrado por isso. Para evitar surpresas o Minha Operadora preparou alguns cuidados que o usuário deve ter.


É muito importante conhecer seu plano. Saber tudo aquilo que ele te dá direito. Por isso, se você não lembra ou não tem isso em um contrato, por exemplo, é bom entrar em contato com a sua operadora antes de sair por aí usando o telefone e tirar todas as suas dúvidas. Se informe sobre as tarifas, a existência e se for o caso a possibilidade de contratação de pacotes adicionais para esse tipo de utilização.

É possível tanto ativar quanto desativar o uso em Roaming diretamente no seu aparelho. Se você não conhece esse recurso basta consultar o manual do usuário do seu modelo, seguir o passo a passo ou consultar junto ao atendimento da sua operadora como é possível fazer isso. 

Se o seu destino for internacional e você pretende usar o celular além da rede wifi, deve checar junto a sua operadora se o recurso está liberado em sua linha. Na maioria dos casos é necessário primeiro habilitar tal possibilidade para usar quando desembarcar. Existindo ainda pacotes adicionais específicos que podem ajudar a economizar.  

Por Dentro – No Brasil existem 67 códigos de discagem direta a distância (DDD) diferentes. Em alguns estados brasileiros existem mais de um desses códigos, por isso a cidade onde o chip foi ativado determinará qual o DDD da sua linha telefônica. Em Pernambuco, por exemplo, existem dois. O 81 que abrange Recife e Olinda, e o 87 que cobre a parte mais interior do estado como Garanhuns e Petrolina.

Segundo a Anatel, quando o usuário se encontra em uma localidade com um DDD diferente do seu, em regra ele paga para receber ligações. É o chamado deslocamento ou Roaming como falamos acima. Mas os preços podem mudar entre o tipo de plano (pré-pago, pós-pago e controle) ou até não haver cobrança. Por isso é importante estar atento e sempre consultar a sua operadora.

A SKY tem o plano ideal para a sua TV! Aproveite já com 50% de desconto no primeiro mês. Ligue 0800 123 2040.

COMPARTILHAR EM:

About Bruno Ribeiro
Jornalista com atuação regionalizada há mais de 10 anos em assessoria de imprensa para o setor de Telecomunicações. Com passagem por Agência de Comunicação, Jornais e TV da região nordeste.
Acompanhar esta matéria
Notificação de
2 Comentários
mais antigo
mais novo mais votado
Comentários embutidos
Exibir todos os comentários
BRUNO MARTINS

Sou cliente Claro Pós e pelo que me lembre não pago roaming a um bons anos… Posso ligar e receber ligações usar internet tudo a vontade, inclusive qndo não ha cobertura e eu mudo manualmente a operadora. Isso sem falar do roaming internacional, que com esses planos que a claro tem que inclui usar no exterior sem cobrança é uma beleza. Menos uma preocupação ao viajar.

Virgilio

Roaming nacional é uma vergonha, tem um projeto na Câmara dos deputados para ser votado que acaba com a taxa de roaming, mas parece que tá engavetado.