TIM muda regras de pontuação para virar TIM Beta Lab

Operadora desabilita o acúmulo de pontos por login em redes sociais e deixa o consumidor com apenas duas opções para melhorar a categoria do plano.



A TIM começou o mês de abril anunciando mudanças na forma de computar pontos para virar Beta Lab. A partir desta segunda-feira (1º), logar nas redes sociais Facebook, Pinterest e Twitter não valem mais para aumentar a pontuação.

A partir de agora o usuário só tem duas formas de acumular pontos: utilizando mais a linha TIM (por meio de recargas a partir de R$ 20 e renovando o pacote diário, semanal ou mensal sempre em dia) ou pela participação em desafios ocasionais que a operadora venha a oferecer (por exemplo, 50 pontos extras por uma recarga de R$ 60).



Como forma de compensação pela ausência de pontos provenientes das redes sociais, a TIM informa que reduziu de 1.600 para 1.230 a quantidade de pontos necessária para atingir o patamar de virar um TIM Beta Lab. É necessário acumular os 1.230 pontos dentro de um período máximo de 90 dias, que é o tempo que dura cada rodada do jogo chamado Blablablâmetro.

VIU ISSO?

Quem vira Beta Lab tem mais benefícios para utilizar na linha: 20 GB de internet (ao invés de 10GB) e 2.000 minutos para falar com números de qualquer operadora do Brasil (no TIM Beta comum são 600 minutos). O preço do plano mensal é de R$ 55 nas duas categorias.



Em 2017 a TIM acabou com o ranking para virar Beta LabA operadora também eliminou o acúmulo de pontos por interação com as redes sociais, como pela postagem de fotos no Pinterest ou pela quantidade de vezes que um tweet do usuário foi retweetado no Twitter.

Desde 1º de agosto de 2018, a TIM anunciou um aumento de 10% no preço do pacote mensal do TIM Beta, que passou de R$ 50 para R$ 55. Nenhuma mudança esperada pelos consumidores nos benefícios de voz e dados da oferta foram anunciadas pela operadora e houve protestos nas redes sociais.

About Redação Minha Operadora
Um dos principais sites de notícias sobre o setor de telecomunicações do Brasil e do mundo. Mais de 10 mil artigos publicados com cerca de 1 milhão de páginas lidas todos os meses.
Acompanhar esta matéria
Notificação de
38 Comentários
mais antigo
mais novo mais votado
Comentários embutidos
Exibir todos os comentários