4G começará a ser testado em Cuba

Três meses após a implementação do 3G, Cuba iniciará os testes do 4G em Havana.


Três meses após iniciar as operações do 3G, Cuba passará a contar também com a tecnologia 4G, o que melhora ainda mais a condição de sua população no acesso a conexão móvel. Por enquanto a tecnologia está em fase de testes.


Quem está comandando da implementação é a ETECSA, que tem o monopólio da telefonia no país caribenho. A companhia acelerou o processo para oferecer  4G, quase que em paralelo com o 3G, pela onda crescente de reclamações em relação aos serviços de voz e dados, causados pelo congestionamento. O 4G irá atuar como uma forma de desafogar o 3G. Segundo dados da Etecsa, até agora, 1,8 milhão de cubanos compraram pacotes de dados móveis. 


Eliecer Samada, chefe de grupo de acesso sem fio da vice-presidência de investimentos da ETECSA, explica que o teste começará no norte de Havana, em uma área que inclui toda a costa da praia em Santa Fe (oeste da cidade). As condições de acesso são favoráveis por lá. 10.000 usuários irão testar o serviço – foram selecionados clientes que consomem pelo menos 2,5 GB de dados por mês.




VIU ISSO?

Na década de 90 as autoridades dos EUA foram acusadas de impedir o acesso à internet como parte das sanções econômicas impostas à ilha, uma pressão para que houvesse uma mudança no modelo político. Somente em 2011 Cuba teve sua primeira conexão de fibra ótica através de um acordo com a Venezuela.
Foi apenas em 2015 que a Internet realmente se expandiu em Cuba, chegando em cybercafé e pontos Wi-Fi instalados em praças ou parques, garantindo o acesso para aqueles que pagam um determinado valor.

A meta do governo é que até 2020 pelo menos metades dos domicílios em Cuba estejam conectados à internet.

About William Plaza
Levamos informação de qualidade sobre o setor de telefonia fixa, móvel, internet banda larga e televisão por assinatura para os milhões de brasileiros que a cada dia estão se conectando cada vez mais.

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.


*