quinta-feira, 15 de novembro de 2018

Vivo acusa SKY de plágio, mas processo é arquivado pelo Conar

O que você achou? 
Vivo também considerou que peça publicitária da concorrente continha denegrimento de imagem.

Vocês se lembram do comercial “SKY é mais futebol – O Gol Demolidor” lançado pela operadora durante a Copa do Mundo? No filme, Gisele Bündchen aparece em cima de uma bola de demolição, quebrando a parede de uma casa e gritando gol antes de todo mundo.

A Vivo e a agência que produz seus comerciais, a África, entenderam que o filme da SKY é um plágio das campanhas publicitárias realizadas por ela para o serviço Vivo Fibra, como a do Paulinho saindo do vídeo game e aparecendo na sala dos jogadores para reclamar que a internet travou.



As empresas consideraram ainda que a peça publicitária da SKY continha denegrimento de imagem

Por essas razões, a Vivo e a África denunciaram a TV por assinatura ao Conselho Nacional de Autorregulamentação Publicitária (Conar). O órgão, então, promoveu uma reunião de conciliação entre as partes, mas não houve acordo. 

VIU ISSO?



Em sua defesa, a SKY disse que seu filme promove assinatura de TV paga enquanto que a Vivo divulga serviço de acesso à internet. 

No mérito, negou que a "invasão" do ambiente seja conceito criativo original. A própria SKY já o tendo utilizado em campanhas mais antigas.

O relator concordou, em linhas gerais, com os argumentos da defesa e propôs o arquivamento da representação, sendo acompanhado por unanimidade.



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ao deixar a sua opinião no Minha Operadora você concorda em respeitar o nosso Código de Conduta.