terça-feira, 23 de outubro de 2018

Oi faz arrastão de vendas do seu novo plano pré-pago

O que você achou? 
Operadora recrutou 170 colaboradores para vender o novo “Oi Livre” na região Centro-oeste.

A Oi realizou um arrastão de vendas do novo “Oi Livre” em seis cidades das regiões Norte e Centro-oeste: Brasília, Campo Grande, Cuiabá, Goiânia, Palmas e Porto Velho. 

A ação foi realizada na última quinta-feira (18) e contou com a participação de 170 colaboradores. 



A operadora reformulo neste mês seus pacotes pré-pagos e passou a oferecer 4GB de internet por R$ 30 mensais

Nos novos planos também foram liberados o WhatsApp e o Messenger, ambos para troca de mensagens (áudio, vídeo, foto, texto), sem descontar da franquia, em qualquer valor de recarga, por 31 dias.

O saldo não utilizado pode ainda ser acumulado para o mês seguinte se o cliente fizer nova recarga em até 24h após o fim da vigência da oferta.

O cliente Oi Livre tem também flexibilidade para trocar a franquia de voz por internet e vice-versa sempre que desejar e sem custo, pelo aplicativo de autoatendimento Minha Oi.


“A Oi tem sua estratégia comercial direcionada pelos interesses dos consumidores. Quando a operadora identificou que o cliente queria flexibilidade no uso dos seus créditos, criou a funcionalidade de troca de benefícios para os planos Oi Livre e Oi Mais Controle”, contou o diretor de Marketing Varejo e Empresarial da Oi, Rogério Takayanagi.

“Além disso, vimos a frustração do cliente quando suas promoções acabam antes do final do mês e ele não tem mais como ficar conectado.  O cliente quer usar o WhatsApp ou o Messenger todos os dias, não quer ficar parte do mês fora do ar. A partir dessa necessidade, desenvolvemos ofertas que garantam benefícios de voz e dados durante 31 dias em qualquer valor de recarga e o uso WhatsApp para mensagens, fotos, vídeos e áudios durante todo esse período de forma ilimitada”, completa o diretor.

Baseado nisso, a operadora o comercial Novo Oi Livre Wifaii com o Whindersson Nunes

No vídeo, o comediante interpreta dois personagens: o WhinderssOn e o WhinderssOff. O primeiro está conectado o tempo todo. Já o segundo precisa fazer sacrifícios para poder “filar” Wi-Fi. Assista ao filme:





20 comentários:

  1. Desde quando Palmas e Porto Velho ficam na Região Centro Oeste?
    Vamos estudar mais Geografia viu.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O arrastão foi tão grande que mudou a geografia do BRASIL.

      Excluir
    2. Arrastou até os estados de uma região pra outra. Kkkkk

      Excluir
    3. Palmas e Porto Velho fazem parte junto com o Centro Oeste e SUl da área de atuação da antiga Brasil Telecom, onde não atuava a Oi. Por isso apareceram essas capitais na reportagem.

      Excluir
  2. Que tal fazer um arrastão pra melhorar a rede?

    ResponderExcluir
  3. As ofertas são muito boas, eu tenho um pré-pago da OI em Manaus, mas infelizmente tem local que não funciona o 4G, e a internet é muito lentaaa. Ou seja, não vale a pena pagar menos, pra ter um serviço que nem funciona.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Em Aracaju mesma coisa, cobertura péssima, tem a melhor oferta e pior cobertura.

      Excluir
    2. Eu também moro em Manaus e constatei isso. Aqui na "divisa da ponta Negra com Santo Agostinho só pega 3G+. Mas deixo meu chip Oi como segunda opção.

      Excluir
  4. Em salvador tanto o 3g e 4g funciona de boa, acabei de adquirir um chip ddd75 com 4gigas de dados e voz ilimitado e ainda whatsapp e Messenger ilimitado tudo isso por $20,00 valido por 31 dias, show de bola.

    ResponderExcluir
  5. A Oi pode tentar. Não vai conseguir.

    ResponderExcluir
  6. Engessada pela concessão fixa, a Oi não tem cacife para investimentos. Nem mudando o regime para autorizada ajuda, uma vez que a operadora não tem capacidade de aplicar dinheiro em melhor cobertura, seu sinal não consegue atravessar paredes. Só teria chance de sobreviver se lançasse plano pré melhor que o Tim Beta, com 30GB e voz ilimitada por 50 reais. Mas como não tem capacidade operacional de rede, duvido que faça. O problema central da OI é que ela afugenta clientes rentáveis, fica picotando preço, pedindo esmola. Consegue angariar os despauperados, que são os piores clientes, enquanto não prende os que gostam de pagar. Não sei qual rumo essa operadora vai tomar, mas pelas "promoções", não mudou nada. Nem acredito que mude. É a "mendiga" das teles. Não sei como pagam gente para administrar tão mal uma tele. Sinceramente, o pessoal que comenta aqui tem muito mais conhecimento. Olha o lucro da Claro puxado por receita do móvel. Virou o jogo em seis meses. O modelo da OI não se sustenta financeiramente. É dar pouco por pouco e não ter o muito por muito. Isso é suicídio empresarial.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A claro é boa. Mais é cara demais. Quanto ao sinal e bom mais e muito eletizada.já os lucros eu até acredito que pode ser alto. E só ativar um plano na hora de sair vc leva horas pra ser cancelado. E quando é cancelado.

      Excluir
  7. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  8. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  9. Achei hilária a foto do protesto kkkkk

    ResponderExcluir
  10. Eu tenho essa promoção Oi livre e acabei me mudando para uma cidade pequena e não tem sinal da Oi! Affff... To tendo que gastar mais q o dobro com a Claro!

    ResponderExcluir
  11. Andre se o roaming com a Tim for funcionar a Oi vai pegar aí na sua cidade.

    ResponderExcluir