sexta-feira, 26 de outubro de 2018

NET/Claro TV e Vivo TV sofrem nova queda no serviço de TV paga

O que você achou? 
Enquanto isso, Oi TV e SKY apresentam crescimento no serviço.

Há alguns meses, a Oi tem recebido o prêmio de Destaque do Mês do Minha Operadora pelo crescimento em TV por assinatura, mesmo diante de um cenário em que o número de assinantes de TV paga vem caindo.

No mês de setembro não foi diferente, a operadora foi a que mais cresceu em números percentuais: 1,26% em relação ao mês de agosto. 



Em números absolutos é um incremento de 19.862 novos contratos, alcançando a marca de 1.592.886 clientes, segundo dados da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel).

Assim como no mês passado, a SKY engordou sua base de clientes. De agosto para setembro, a operadora conquistou 35.565 novos assinantes, passando a contar com 5.247.957 usuários.

O mico do mês ficou com a Vivo TV novamente, que perdeu -9.627 contratos, um percentual de -0,61%, contando agora com 1.600.473 clientes.

[ATUALIZAÇÃO - 01/11/2018 17H46]:

A NET/Claro TV também sofreu retração da sua base de contratos, perdendo -67.800 clientes, uma queda percentual de -0,39%. Assim, a operadora conta agora com 7.132.861 usuários.

1. Oi TV (+1,26%)
2. SKY (+0,68%)
3. Claro (-0,60%)
4. Vivo (-0,61%)

Quando se leva em consideração o desempenho anual, a Oi foi a única operadora que apresentou crescimento, adquirindo 131.045 contratos (+8,96%) nos últimos 12 meses.

A Vivo registrou menos 22.218 contratos (-1,37%), a SKY menos 40.787 (-0,77%), e a Claro/NET menos 418.246 (-4,53%).  

VIU ISSO?


As pequenas prestadoras de TV por Assinatura tiveram redução de 112.100 contratos (-12,65%).

O Brasil registrou 17.791.681 contratos ativos do serviço de TV por assinatura no mês de setembro de 2018, diminuição de 426.360 assinaturas (-2,34%) nos últimos 12 meses. 

Em relação ao mês anterior, a redução foi de 25.471 assinaturas (-0,14%).




Tecnologia


Em setembro de 2018, mais da metade dos assinantes de TV por Assinatura no Brasil receberam a programação por satélite, 9.682.924 contratos (54,42% do mercado), por cabo foram  7.457.355  (41,91%) e por fibra ótica foram 650.948 (3,65%).

Apenas os assinantes que receberam a programação da TV por Assinatura por fibra ótica aumentaram nos últimos 12 meses, mais 268.412 (+70,17%). 

Os assinantes via satélite tiveram redução de 575.669 (-5,61%) e os que recebem o sinal por cabo diminuíram em 118.375 (-1,56%).

Estados 

Nos últimos 12 meses, os estados com maior crescimento percentual no serviço de TV por assinatura foram Ceará com mais 25.468 (+6,60%), Amazonas com mais 17.528 (+6,05%) e Rio Grande do Norte com mais 10.360 (4,51%).



3 comentários:

  1. vejo muita na internet que fala que usa IPTv 30 conto por mês e todos os canais ,eu nem quero TV paga não passa nada que preste, por que essas operadoras não baixa os preços não seria melhores ganhar menos e sempre?por mim pode falir .

    ResponderExcluir
  2. Nao tenho tv por assinatura e nem quero assinar eu ja pago a internet fixa nela da pra ver videos tv online e mais vantajosa do que tv paga

    ResponderExcluir
  3. Tenho iptv, lista completa de canais por 20 reais

    ResponderExcluir