quinta-feira, 9 de agosto de 2018

Total de 28 mil produtos falsos são apreendidos pela Anatel em Mauá

O que você achou? 
Foi o maior número de produtos obtido pela fiscalização da agência neste ano, com valor estimado em R$ 750 mil.

Quase 28 mil produtos não homologados pela Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) foram apreendidos pela equipe da gerência regional da agência em São Paulo, em uma ação de fiscalização na cidade de Mauá, nesta quarta-feira (8).

Esta foi a maior lacração de produtos piratas feitos pela fiscalização da Anatel neste ano. Para ter uma ideia, o valor estimado desses produtos foi de R$ 750 mil. 



Os fiscais da agência estiveram no local após uma denúncia, que se mostrou verídica. Ali acontecia a importação e comercialização de produtos falsos, sendo que, de 27.955 no total, 20.994 eram cabos de manobra ou "patch cables", como informou a Anatel, que são utilizados em redes de computadores para interligar roteadores, servidores, computadores e outros componentes de rede.

LEIA TAMBÉM: 

Outros 6.961 produtos se tratavam de campainhas sem fio usadas em casas, escritórios e prédios.

Até então, a última grande fiscalização no Brasil feita pela Anatel tinha acontecido em maio, em 15 grandes distribuidores de produtos para telecom de sete estados e em 37 provedores de internet em 15 estados brasileiros. Também foram apreendidos 25 mil produtos irregulares, sendo de 460 tipos diferentes.

As fiscalizações vêm acontecendo em distribuidores, provedores de internet, e-commerces, feiras, eventos e alfândegas, que incluem portos, aeroportos e Correios.

A intenção da agência é garantir mais segurança, já que os equipamentos sem homologação, por não passarem em testes de segurança, podem oferecer riscos às pessoas.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ao deixar a sua opinião no Minha Operadora você concorda em respeitar o nosso Código de Conduta.