Planos ‘Super Pré’ da Sercomtel com recarga única no ano: compensa?

COMPARTILHAR:

Operadora chega a cobrar valor equivalente a R$ 30 por mês para oferecer 4GB para o cliente.

A operadora paranaense Sercomtel retomou dois comerciais – só que desta vez sem Maisa como garota-propaganda – sobre seu estilo de oferta na telefonia móvel, o “Super Pré“. Com ele, o cliente pode fazer uma recarga única válida para o ano todo, ou então por seis meses.


Essa recarga custa R$ 280 em até 4x no plano de 12 meses, e R$ 160 também em 4x no plano de seis meses. Ambos dão direito a ligações locais ilimitadas para qualquer operadora, SMS à vontade e 1GB de internet por mês. Se acabar a franquia, a internet não é bloqueada, somente a velocidade reduzida para 128 Kbps.






Se dividir o gasto total do Super Pré Sercomtel, é como se o cliente pagasse apenas R$ 23 por mês para conseguir fazer chamadas no celular. O plano já existe há um tempo e compensava ainda mais antes, quando a tarifa total era menor, de R$ 240 (equivalente a R$ 20 mensais).
Além disso, operadoras mais conhecidas como a TIM, Claro, Oi e até a Vivo já oferecem ligações ilimitadas, disputando agora pela maior franquia de dados. Vale lembrar que a oferta da Sercomtel só inclui chamadas recebidas ou feitas na área de autorização da Sercomtel, ou seja, sem benefício válido para roaming.

Super Pré Internet

Outra opção oferecida pela Sercomtel é a “Super Pré Internet”, que oferece uma franquia mensal de 4GB, além de ligações locais à vontade para qualquer operadora, SMS e internet sem bloqueio, caso a franquia acabe antes do final do mês.
Nesse caso, a recarga também pode ser válida por um ano ou por seis meses. Só que, antigamente, esse pacote custava 4x de R$ 60 ao consumidor. Agora, o valor também aumentou, e foi para 4x de R$ 90. 
O valor cheio na recarga de 12 meses é de R$ 360, enquanto o de seis meses é de R$ 200.
Esse caso pode compensar mais, já que o cliente pagará o equivalente a R$ 30 por mês para conseguir um plano com 4GB de internet.
LEIA TAMBÉM:
Ainda assim, vale comparar os benefícios com os de outras operadoras e analisar se tem como necessidade, em um plano de celular, fazer chamadas para outros DDDs. Se sim, as opções ‘Super Pré’ da Sercomtel acabam não compensando.
Outra observação é a forma de pagamento. Para muitos, pagar apenas quatro parcelas de um valor inferior a 100 reais, e garantir um plano de celular pelo ano todo, pode ser vantajoso. Seriam oito meses sem compromisso e sem pagar nada à operadora.
Entre as alternativas pré-pagas da Sercomtel, a operadora ainda oferece o “Plano Livre”, com recargas a partir de R$ 18. O cliente coloca o valor que quiser no plano, e a cobrança é feita de acordo com as tarifas de cada serviço utilizado. São eles:
  • Franquia de internet local (1GB por mês sem bloqueio): R$ 0,43 o dia que usar;
  • Chamadas locais para celular de qualquer operadora: R$ 0,30 por chamada;
  • Chamadas locais para fixo de qualquer operadora: R$ 0,20 por chamada;
  • Chamadas para números Sercomtel: R$ 0,20 por chamada;
  • SMS para qualquer operadora: R$ 0,43 o dia que usar.
Por enquanto, as vantagens oferecidas ao cliente envolvem um bônus de +1GB, válido por sete dias, caso acumule recargas de R$ 30 ou mais no celular pelo mesmo mês, e um bônus de R$ 20,00 para falar com telefones Sercomtel, válidos por 30 dias. Já as franquias de roaming de dados (500MB), ligações (60 minutos de voz e 20 minutos de deslocamento) são mensais e já estabelecidas.

Acompanhar esta matéria
Notificação de
4 Comentários
mais antigo
mais novo mais votado
Comentários embutidos
Exibir todos os comentários