segunda-feira, 14 de maio de 2018

Goleiro usa celular em campo para conscientizar sobre trânsito

O que você achou? 
O Atlético-PR esclareceu, nesta segunda (14), que a ação fazia parte da campanha ‘Maio Amarelo’.


Uma cena inusitada chamou a atenção do público minutos antes da partida entre Atlético-PR e Atlético-MG, no último domingo (13). O goleiro Santos, do time paranaense, estava mexendo no celular dentro do gramado momentos antes da bola rolar.

O goleiro aparece nas imagens tentando ver algo no aparelho. No entanto, ao ouvir o apito do árbitro iniciando a partida, ele joga o celular para fora do campo e volta-se para o jogo. 



A situação deixou alguns torcedores indignados e as imagens viralizaram nas redes sociais.




Depois do jogo, Santos deu entrevista ao Fantástico e aparentava estar visivelmente constrangido. Ele disse que não via problema em usar o celular dentro de campo. Mas tudo não passou de uma atuação. 

Na verdade, a ação foi parte da campanha ‘Maio Amarelo’ e teve como objetivo alertar as pessoas para os riscos de mexer no celular no trânsito. 

LEIA TAMBÉM:


O esclarecimento aconteceu nesta segunda-feira (14) durante entrevista coletiva dada pelo goleiro e pelo vice-presidente do Atlético-PR, Márcio Lara. 

“Eu também ficaria indignado por ter levado o celular para o campo, assim como quero que fiquem indignados com quem usa no carro. Mais do que tomar um gol, você pode sofrer um acidente por causa de uma distração com o celular”, disse o goleiro Santos.

A ação partiu do próprio clube, com participação da Uber, patrocinadora do time, e propõe debater o uso do celular em momentos inapropriados. 

O uso do aparelho, segundo as regras do futebol, poderia provocar o cartão amarelo. O árbitro Luiz Flávio de Oliveira, porém, não viu e, por isso, não puniu o jogador. 

O Atlético-PR terminou o jogo perdendo para o Atlético-MG por 2 a 1. 



Nenhum comentário:

Postar um comentário