terça-feira, 10 de abril de 2018

Telefónica e Vivo devem transformar serviços de TV ainda em 2018

O que você achou? 
Operadora fecha parceria de três anos com a Ericsson Media Solutions para aprimorar TV por assinatura em toda a América Latina.

A Telefónica, empresa espanhola cuja operadora brasileira é a Vivo, está preparando uma transformação em seus serviços de TV por assinatura em toda a América Latina.

Através de uma parceria anunciada nesta terça-feira (10) e que irá durar três anos com a Ericsson, a ideia é lançar uma solução em 13 países, o que inclui o Brasil, já neste ano de 2018. Outros oito países devem receber as novidades até 2020.



A nova “gama de serviços avançados de TV” terá o apoio da Ericsson Media Solutions, que implantará uma plataforma de processamento e armazenamento de vídeo (VSPP) para que os clientes possam aproveitar o conceito de “TV everywhere”, que seria a chance de assistir às programações da operadora em qualquer lugar, a partir de qualquer aparelho. O que nos faz lembrar do conceito “multitela” da NET.

No Brasil, a Vivo tem 1,57 milhões de clientes na base do Vivo TV. O lançamento deste ano deve incluir pelo menos a funcionalidade que permite recuperar à programação de sete dias anteriores. Mas tudo indica que virá mais coisa por aí.

LEIA TAMBÉM:

A Ericsson deve, portanto, começar já a aprimorar a capacidade e os serviços do sistema para melhorar a experiência de TV para os clientes de toda a região.

Como a parceria entre as duas empresas já existe há mais de uma década, o VSPP em questão já foi testado no Peru e na Espanha, mas agora recebe uma grande expansão para clientes da América Latina.

“Estamos muito satisfeitos em estender nossa parceria de longa data com a Telefónica para implantar o VSPP da Ericsson Media Solutions, que permitirá que a operadora transforme sua prestação de serviços, virtualizando as capacidades de armazenamento e processamento de seus servidores e garantindo que os serviços (de vídeo sob demanda) sejam entregues de forma confiável, contínua e rápida aos assinantes em toda a América Latina”, disse o diretor da Ericsson Media Solutions, Angel Ruiz.


Nenhum comentário:

Postar um comentário