quarta-feira, 14 de fevereiro de 2018

Brasileiros atrasam mais para pagar conta de celular, internet e TV

O que você achou? 
Pesquisa mostrou que 60,7 milhões de pessoas começaram 2018 inadimplentes, e o maior aumento em atrasos nas dívidas foi do setor de comunicação.

Uma pesquisa feita pelo Indicador de Inadimplência do Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) e pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) mostrou que, quando o assunto é o atraso com as dívidas bancárias - seja com cartão de crédito, financiamento, empréstimo e seguro - o maior aumento no Brasil tem sido do setor de comunicação.

Em janeiro de 2018, a alta mais elevada nos atrasos das dívidas foi referente ao pagamento das contas de telefonia celular, fixo, internet e TV por assinatura, que aumentou os atrasos em 9,01% em comparação com o mês de janeiro de 2017.


Com base em cinco em cada dez dívidas pendentes de pessoas físicas no país, os brasileiros deixam para pagar esse tipo de serviço depois de serviços básicos como água e luz, que representam apenas 8% das dívidas não pagas no Brasil.

LEIA TAMBÉM:

Os de comunicação, no caso, representam 14% do total das dívidas que se mantiveram neste ano, ainda atrás do comércio, que concentra 18%, e os bancos e instituições financeiras, que ficam com 51% das dívidas não pagas pelos brasileiros.

O indicador também mostrou que a inadimplência do consumidor aumentou 2,10% nesse comecinho de 2018. São mais de 60,7 milhões de brasileiros inscritos em cadastros de inadimplentes, que representam 40% da população adulta do país.

Os consumidores que mais têm problemas com as dívidas estão na região Sudeste (39% da população do estado), seguida do Nordeste (41%), Sul (37%), Norte (45%) e Centro-Oeste (42%). Metade dessas pessoas tem de 30 a 39 anos e já iniciou o ano com o nome em alguma lista de devedores.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ao deixar a sua opinião no Minha Operadora você concorda em respeitar o nosso Código de Conduta.