Presidente da TIM fala sobre fraquezas da Oi

Em teleconferência sobre resultados trimestrais da TIM, Stefano De Angelis diz que a Oi não é uma ameaça.


Após divulgar os resultados financeiros do terceiro trimestre, com lucro de R$ 279 milhões e o maior EBITDA (lucro antes de impostos, depreciação e amortização) de sua história, a TIM realizou uma teleconferência nesta quarta-feira (8) para falar sobre o assunto.

Mas não foi só sobre a própria operadora que falou o presidente da TIM, Stefano De Angelis. Questionado sobre o quanto do crescimento da empresa é influenciado pela fraqueza da concorrente Oi, Angelis deu sua opinião sobre a companhia que está há mais de um ano em recuperação judicial.




Para ele, a Oi não investe em 4G e em segmentos de alto valor do mercado, o que acaba, sim, sendo uma oportunidade para a TIM, que, por outro lado, está ampliando a cobertura de banda larga móvel e fibra óptica no Brasil. Angelis ainda afirmou que mesmo que a Oi, capitalizada, tente se modernizar em rede fixa, não será uma ameaça para a TIM. O que poderá fazer a diferença no futuro é a banda larga, principalmente nas regiões Norte e Nordeste.
LEIA TAMBÉM: 

COMPARTILHAR EM:

Acompanhar esta matéria
Notificação de
3 Comentários
mais votado
mais novo mais antigo
Comentários embutidos
Exibir todos os comentários
Erick Nilson Silva

Vivo e TIM estão com medo da Oi conseguir um investidor chinês com muito poder de fogo

Renato Brito

A Oi nunca será a maior do Brasil kkk

glaysonbruno

Oi LIXO!!!!!!!!!!!!!!!! OI JAMAIS PIOR OPERADORA !!!!