InícioNotíciasClaro denuncia e suspende propaganda da Vivo

Claro denuncia e suspende propaganda da Vivo

Campanha de banda larga do Vivo Fibra foi sustada pelo Conar após Claro afirmar que representava propaganda enganosa aos consumidores.

O Conar (Conselho Nacional de Autorregulamentação Publicitária) suspendeu, em agosto deste ano, uma propaganda da Vivo após uma denúncia da concorrente Claro. A campanha em questão era do “Tudo com a Giga velocidade de Vivo Fibra” que, para a Claro, representava propaganda enganosa aos consumidores de telecomunicações.

O caso, de representação nº 147/17, foi analisado com base na constatação da Claro de que a campanha da Vivo usava repetidamente a expressão “giga” em um anúncio que divulga acesso à banda larga mencionando velocidade de acesso em megabytes, o que “poderia levar os consumidores ao engano”.
Em sua defesa, a Vivo negou a possibilidade de confusão ao Conar. Não adiantou. Até o julgamento da representação, a relatora conselheira Taciana Carvalho havia concedido medida liminar de sustação da campanha, decisão que permaneceu até a decisão final do julgamento, ainda de sustação.
TIM x VIVO
Em julho de 2017, a TIM também abriu uma queixa contra a Vivo pelo Conar. Desta vez, o questionamento envolveu os Planos Família da Vivo, que, para a TIM, tinham informações incompletas sobre as vantagens oferecidas aos consumidores. Apesar da medida liminar de sustação, a Vivo se defendeu afirmando que todas as informações estavam presentes nos anúncios, mas em forma de rodapé. Neste caso, a decisão foi apenas de alteração e alerta para que restrições relevantes à oferta sejam melhor esclarecidas nas peças publicitárias.
LEIA TAMBÉM:


2 COMENTÁRIOS

Acompanhar esta matéria
Notificação de
2 Comentários
mais antigo
mais novo mais votado
Comentários embutidos
Exibir todos os comentários