NET é obrigada a descontar R$ 7,50 no valor das assinaturas

Justiça entendeu que a NET não pode mais cobrar pelos canais Record, SBT e RedeTV, que deixaram de ser transmitidos pela operadora.

O Juiz Eduardo Francisco Marcondes, do Juizado Especial Cível do Foro Regional de Itaquera, em São Paulo, condenou a operadora de TV paga NET a ressarcir parte dos valores pagos para a consumidora Amélia Ezequiel, por causa da retirada dos canais Record TV, SBT e RedeTV! da sua grade. A NET será obrigada ainda a descontar R$ 7,50 na fatura da cliente, ou seja, R$ 2,50 por cada emissora que não é mais transmitida.

Em sua decisão, Marcondes afirma que a consumidora pagava um valor por seu pacote de TV por assinatura que incluía a transmissão dos três canais, mas que, com o corte, houve um “desiquilíbrio na relação contratual”. Como aconteceu uma “redução de serviços prestados, tem a parte autora (a cliente) direito a redução proporcional do preço respectivo”.

Procurada, a assessoria da NET informou que a operadora irá recorrer da decisão.

A briga entre as emissoras e as operadoras de televisão fechada não está boa para nenhum dos dois lados, isso porque os canais que formam a Simba Content (RedeTV, SBT e RecordTV) e as prestadoras de TV por Assinatura, estão tendo prejuízos.

As emissoras de TV aberta da Simba Content tiveram uma queda de 25% de audiência durante a primeira semana da retirada do sinal analógico na cidade de São Paulo, e aos poucos estão recuperando. 

Já as operadoras que fornecem o serviço de TV paga, por outro lado, estão sofrendo as consequências por não chegarem a um acordo com a joint-venture midiática, e uma das afetadas agora foi a NET.

LEIA TAMBÉM:



About Redação Minha Operadora
Um dos principais sites de notícias sobre o setor de telecomunicações do Brasil e do mundo. Mais de 10 mil artigos publicados com cerca de 1 milhão de páginas lidas todos os meses.

2 Comentários

  1. Será mais viável as operadoras de TV pagarem 1,50 por cada canal de tv aberta do que ter de descontar 2,50 dos assinantes…pois o que aconteceu com a NET virou jurisprudência para as demais operadoras…

  2. Engraçado, acho que o certo seria o Juiz obrigar a Simba Content (RedeTV, SBT e RecordTV) a liberar o seu sinal nas operadoras, porque o sinal foi bloqueado por decisão da Simba Content (RedeTV, SBT e RecordTV) e não das operadoras.

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.


*