Loja da Nextel é atacada por cliente enfurecido

Cansado de ser enrolado para cancelar o seu serviço de telefonia, cliente da operadora surtou e acabou quebrando a fachada da loja com uma marreta.


O setor de telecomunicações realmente dá muita “dor de cabeça” para os seus usuários. Milhares de reclamações chegam todos os dias nas próprias companhias e também em órgãos de fiscalização e defesa do consumidor, como a Anatel e Procon.

No ano de 2014, por exemplo, o Procon-SP divulgou o ranking de segmentos mais reclamados, e justamente uma operadora de telefonia – Telefônica/Vivo – aparece no topo da lista da Fundação de Proteção e Defesa do Consumidor. Mas sabemos que todas apresentam muitos problemas que irritam os clientes.

Dessa vez, uma loja da operadora Nextel no Rio de Janeiro teve a sua fachada destruída por um cliente da própria operadora. Inconformado por não estar conseguindo concluir o cancelamento do seu serviço, o cliente resolveu sair da loja com seu carro, foi até a sua casa pegar uma marreta e, na volta, quebrou o vidro na entrada do estabelecimento, segundo testemunhas.

Funcionários da operadora gravaram o momento em que o acesso de ira do consumidor aconteceu. No vídeo, é possível ouvir o cliente esbravejando que vai “ligar de novo pra cancelar, se não cancelar, eu vou vir aqui quebrar essa **** toda. Não tá lidando com moleque não! Você tá lidando com um homem!”. Assista:



Muitos podem achar que foi bem feito, ou que o cliente deve ter feito isso por ter sido feito de “moleque” pela empresa por muito tempo. No entanto, é claro que essa não é uma atitude de “homem”, como o cliente quis reafirmar ser durante o ato da depredação da loja. Por isso, a Nextel repudiou e lamentou o acontecido em nota enviada à imprensa. A operadora norte-americana informou que vai analisar todo o prejuízo causado a loja, e em seguida, analisar as medidas cabíveis judiciais.

Leia também:
About Redação Minha Operadora
Um dos principais sites de notícias sobre o setor de telecomunicações do Brasil e do mundo. Mais de 10 mil artigos publicados com cerca de 1 milhão de páginas lidas todos os meses.
Acompanhar esta matéria
Notificação de
5 Comentários
mais antigo
mais novo mais votado
Comentários embutidos
Exibir todos os comentários