TIM anuncia que vai recorrer de multas de R$ 85 milhões do Procon

COMPARTILHAR:

A operadora TIM vai recorrer das 12 multas aplicadas pelo Procon de Londrina devido a reclamações de clientes no município. O Núcleo Municipal de Proteção e Defesa do Consumidor terminou na última segunda-feira (09) de julgar os 13 processos que estavam em tramitação no órgão. Destas, apenas uma não incorreu em autuação. As demais somam o valor total de R$ 85,5 milhões, já que cada uma delas foi estipulada em R$ 7,133 milhões.
De acordo com a assessoria de imprensa da TIM, a operadora só foi notificada de cinco multas e que analisa as medidas legais cabíveis para solucionar os casos. A partir do momento que a empresa entrar com os recursos, o caso passa a ser tocado pela Secretaria Municipal de Governo, órgão que analisa os processos do Procon em segunda instância.

“A operadora informa que tem a satisfação dos clientes como prioridade e que trabalha para reduzir as reclamações nos mais diversos canais de relacionamento e tratar as eventuais demandas com agilidade e transparência”, coloca a nota encaminhada à imprensa. Caso os recursos sejam recusados, os valores passarão a valer e entrarão para a dívida ativa do município. O montante deverá ser revertido ao Fundo de Defesa do Consumidor de Londrina.

A operadora é campeã em reclamações no Procon de Londrina – de janeiro a novembro foram 350. As irregularidades motivaram o órgão a suspender as atividades da empresa no município em novembro. No entanto, a iniciativa foi derrubada na Justiça pela TIM. Entre as principais falhas constatadas, falha na execução contratual, serviço precário e mau atendimento.

About Redação Minha Operadora
Um dos principais sites de notícias sobre o setor de telecomunicações do Brasil e do mundo. Mais de 10 mil artigos publicados com cerca de 1 milhão de páginas lidas todos os meses.
Acompanhar esta matéria
Notificação de
0 Comentários
Comentários embutidos
Exibir todos os comentários