Com a chegada da Claro, São Paulo terá mais de 1.500 pontos Wi-Fi

A operadora Claro iniciou testes para ofertar internet sem fio (Wi-Fi) para seus clientes em locais públicos. A operadora não confirmou a data em que o serviço começou, mas já disponibiliza alguns dados em seu site. Em alguns locais, os clientes já relatam que são conectados automaticamente à rede detectada pelo aparelho.

Pelo mapa, o Wi-Fi para clientes Claro está sendo testado em 35 bairros de São Paulo e por enquanto é gratuito. Nos bairros Itaim Bibi, Jardim Paulistano, Moema, Perdizes, Pinheiros e Santo Amaro estão a maioria dos pontos de acesso Wi-Fi, os chamados hotspots. Na cidade toda, é possível contar 1.118 pontos de conexão da operadora.

Com a chegada do Wi-Fi da Claro, a cidade de São Paulo passa a ter 1.545 pontos de conexão ofertados pelas operadoras de telefonia celular.

A Oi informa que tem 300 hotspots para clientes pela cidade. A Vivo diz ter 89 pontos e a TIM, 38. Aeroportos e estabelecimentos comerciais como restaurantes, shoppings e hotéis são os locais mais comuns.

A vantagem para os clientes ao utilizar esse tipo de conexão sem fio é navegar em alta velocidade e com mais estabilidade usando o smartphone ou tablet, além de economizar no tráfego de dados 3G dos planos contratados.

Segundo o professor da Fundação Getúlio Vagas (FGV) Arthur Barrionuevo Filho, que atua com a área de telecomunicações, ao ofertar Wi-Fi para os clientes em locais públicos, as operadoras desafogam sua rede de dados, serviço que as operadoras ainda têm dificuldade de expansão.

A Anatel não dispõe de dados sobre quantos hotspots públicos de Wi-Fi existem no Brasil.

No Brasil, a Oi é de longe a operadora que mais disponibiliza Wi-Fi para clientes em locais públicos, com 33 mil pontos de acesso. O plano é aumentar o número para 500 mil até o fim do ano. Por meio de uma parceria com a rede Fon (que tem 7,7 milhões de hotspots pelo mundo) a operadora credencia estabelecimentos comerciais como pontos de conexão sem fio no Brasil. Por isso o número de hotspots disponíveis é alto e cresce a um ritmo de 1 mil novos credenciados por semana. Além da rede Fon, a Oi tem outros hotspots em locais públicos, como aeroportos e nas orlas marítimas do Rio de Janeiro, Recife, Fortaleza e Salvador. Cerca de 7 milhões de clientes residenciais e empresariais da empresa estão aptos para usar o serviço, diz a companhia. Em algumas versões dos planos Oi Velox, Oi Dados, Oi Internet Total, Oi Velox 3G, Oi Conta Total, Oi Internet Pré e Oi Smartphone.
A TIM tem 108 pontos de conexão sem fio no Brasil. Segundo a operadora, o foco é em áreas de grande concentração populacional e de tráfego 3G, como universidades, shoppings, hotéis e vias públicas. Em 15 aeroportos, incluindo os seis cidades-sede da Copa das Confederações 2013 (Belo Horizonte, Brasília, Fortaleza, Recife, Rio de Janeiro e Salvador), o serviço está disponível. A operadora prevê a instalação de pontos Wi-Fi para clientes em mais sete aeroportos (Maceió, Aracaju, Uberlândia, Goiânia, Campo de Marte, Montes Claros e Jacarepaguá). Clientes TIM dos planos Infinity ou Liberty podem acessar a rede sem fio gratuitamente. No site da empresa, existe um formulário de cadastro para os estabelecimentos comerciais informarem que desejam se tornar um hotspot da TIM.

A Vivo disponibiliza hoje 175 hotspots Wi-Fi no Brasil em locais públicos. A cidade de São Paulo concentra a maioria deles: 89. A Vivo afirma ter planos para acelerar a cobertura do serviço neste ano em pontos de grande circulação, mas não detalha. A empresa diz que com o Wi-Fi oferece mais uma possibilidade de conexão para seus clientes, em complemento às redes 3G, 3G Plus e 4G.

A operadora Claro informa que o Wi-Fi para clientes funciona apenas nos smartphones Blackberry, iPhone, Motorola Razr, Samsung Galaxy S III e LG Optimus L3 e no iPad 3G, mas que, em breve, outros aparelhos serão incluídos na lista.

A SKY tem o plano ideal para a sua TV! Aproveite já com 50% de desconto no primeiro mês. Ligue 0800 123 2040.


COMPARTILHAR EM:

About Redação Minha Operadora
Um dos principais sites de notícias sobre o setor de telecomunicações do Brasil e do mundo. Mais de 10 mil artigos publicados com cerca de 1 milhão de páginas lidas todos os meses.
Acompanhar esta matéria
Notificação de
0 Comentários
Comentários embutidos
Exibir todos os comentários