21/06/2024

Telefonia lidera tentativas de fraude contra o consumidor

A Serasa Experian divulgou uma pesquisa sobre fraudes contra o consumidor brasileiro ao longo de 2012. Segundo o relatório, foram 2,14 milhões de tentativas de golpes, uma a cada 14,8 segundos.

O resultado representa um recorde desde 2010, quando a pesquisa começou a ser feita pela empresa de análise de crédito. Naquele ano, a Serasa identificou 1,87 milhão de ameaças, que subiram para 1,96 milhão em 2011.

Pela primeira vez, em 2012, as empresas de telefonia assumiram a liderança do ranking, com 749.213 casos, 35% dos registros. Elas superaram as companhias de serviço (seguradoras, construtoras, imobiliárias), que fecharam o ano passado com 746.318 de registros. A lista é composta também por bancos e financeiras (18%), varejo (10%) e outros (2%). 

O indicador aponta que houve queda nas tentativas de fraude nos bancos (18% em 2012; 26% em 2011 e 28% em 2010), por causa da retração na procura por crédito, e crescimento em telefonia e serviços. 

A popularização da internet e das mídias sociais é tida como fator impulsionador desse tipo de ação criminosa, segundo a empresa responsável pela pesquisa.

Emissão de cartões de crédito foi a tentativa de fraude mais utilizada no ano passado, seguida por financiamento de eletrônicos, golpe (compra de celulares com documentos falsos ou roubados), abertura de conta e compra de automóveis.

Se inscrever
Notificar de
guest
0 Comentários
Feedbacks embutidos
Ver todos os comentários