Vivo descontinuará serviço de MMDS até o meio do ano que vem


Conforme divulgamos na íntegra aqui no portal, a Vivo informou no seu plano de ação para a redução das reclamações na Anatel que o serviço MMDS será descontinuado até o final do primeiro semestre de 2013. A Vivo, atráves da TVA, presta TV por assinatura por MMDS em São Paulo, Rio de Janeiro, Curitiba, Porto Alegre e soma 81 mil assinantes. Pelas regras do edital de venda das faixas de 2,5 GHz, a Vivo ficou obrigada a se desfazer de todas essas operações, já que adquiriu um lote de 20 MHz + 20 MHz, chegando ao teto estabelecido de 40 MHz.

A empresa pede que eventuais reclamações relacionadas com a descontinuidade do MMDS sejam desconcideradas pela Anatel. “Mesmo oferecendo a migração para outra tecnologia, há resistência natural dos usuários na mudança e, em alguns casos, pode haver inviabilidade técnica de fazer esta mudança, o que pode gerar reclamações e estas devem ser desconsideradas do montante apurado para a meta”, diz a empresa no documento.

Segundo a VIvo, analisando o período de agosto de 2011 a julho de 2012, a média mensal de reclamações sobre TV por assinatura na Anatel cresce cerca de 70%, enquanto que as queixas em relação ao Vivo TV reduziram-se em 5%. Em outubro de 2012, a empresa teve 725 reclamações na Anatel, sendo que 42% são sobre cobrança, 15% cancelamento e 15% sobre reparo.

Considerando as ações propostas no documento, a empresa busca a redução gradativa do índice de reclamações na Anatel, de 1,12 apurado em setembro de 2012 para a meta de 0,65 a ser atingida em outubro de 2013.

About Redação Minha Operadora
Um dos principais sites de notícias sobre o setor de telecomunicações do Brasil e do mundo. Mais de 10 mil artigos publicados com cerca de 1 milhão de páginas lidas todos os meses.
Acompanhar esta matéria
Notificação de
0 Comentários
Comentários embutidos
Exibir todos os comentários