Oi estima que metas de velocidade da banda larga eleverão 414% os investimentos na rede móvel

A operadora propõe substituir as metas da Anatel por medição da rede pelo Comitê Gestor e divulgação dos resultados todo semestre


A Oi afirma que as metas de velocidade mínima média e instantânea da banda larga propostas pela Anatel em seu regulamento do Serviço de Comunicação Multimídia (SCM) são desproporcionais em relação às tecnologias atualmente usadas pelas operadoras. “Haverá um desestímulo à ampliação da oferta”, afirma a operadora. Conforme o estudo da LCA consultores apresentado pela operadora, para se adequar às regras propostas, as operadoras fixas terão que aumentar os investimentos 82% e as móveis 414%. Esse incremtno seria necessário para se manter as  projeções de se chegar em 2010 com 154 milhões de acessos banda larga. A LCA estimou, em seu primeiro estudo,  que, para chegar a esses milhões de acessos, as operadoras teriam que investir R$ 145 bilhões. “Para se adequar às regras de qualidade propostas, o Capex de R$ 145 bilhões não seria suficiente para atingir sequer 78 milhões de acessos, número previsto para 2014”, afirma a consultoria.
CGI 

Segundo a operadora, o atendimento aos padrões de velocidades mínimas estabelecidos pela Anatel (20%, 30% e 40% como velocidade instântanea e 60%, 70% e 80% como velocidade média nos três primeiros anos) obrigaria a empresa instalar circuitos dedicados ponta a ponta, o que obrigaria a uma revisão de todos os seus  projetos de expansão. Em substituição a essas metas, a Oi propõe que o Comitê Gestor da Internet passe a medir o desempenho das velocidades nominais (máximas) de todas as operadoras e divulge, a cada seis meses os resultados dos testes, para que o usuário compare as ofertas.

A Oi reclamou também que a Anatel estaria criando metas de universalização para um serviço privado, ao obrigar que as instalações dos acessos banda larga sejam feitas em até três dias, tempo menor do que do próprio STFC, que sustenta a tecnologia do ADSL, cuja prazo de instalação é de sete dias. Por fim, questiona ainda o fato de os pequenos provedores (com até 50 mil assinantes) não terem que cumprir as mesmas metas de qualidade ou cumprir as velocidades mínimas estabelecidas. Para a Oi, a agência estaria criando uma “subclasse de usuários”.

A SKY tem o plano ideal para a sua TV! Aproveite já com 50% de desconto no primeiro mês. Ligue 0800 123 2040.

COMPARTILHAR EM:

About Redação Minha Operadora
Um dos principais sites de notícias sobre o setor de telecomunicações do Brasil e do mundo. Mais de 10 mil artigos publicados com cerca de 1 milhão de páginas lidas todos os meses.
Acompanhar esta matéria
Notificação de
0 Comentários
Comentários embutidos
Exibir todos os comentários