Inauguração de rede 4G da Oi teve a Samsung como parceira

A Oi inaugurou, ontem, no Rio de Janeiro, sua rede 4G com teste de videochamada utilizando o smartphone Samsung Galaxy SIII LTE.

O presidente da operadora, Francisco Valim, e o presidente da Anatel, João Rezende, fizeram videochamadas em 4G com o aparelho da Samsung, compatível com as faixas de frequência de 2,5 GHz, escolhidas para fornecimento do 4G no Brasil. O teste marcou a primeira demonstração do Galaxy SIII LTE no país, fruto de parceria entre a Oi e a Samsung.

“Para a Oi, o grande desafio é assegurar que nossos clientes possam usufruir de todas as tecnologias disponíveis no mundo, desde as mais essenciais às mais avançadas. Temos o portfólio mais completo de serviços de telecomunicações no Brasil e o 4G chega justamente para complementar nosso leque de ofertas. Nosso foco é atender a todos os perfis de demanda dos clientes que exigirão o 4G. O futuro da internet é esse: streaming de vídeos em alta definição, videochamadas com imagem nítida e acesso com alta velocidade”, destacou Valim, após realizar a videochamada.
Os investimentos na implantação da rede 4G da Oi estão contemplados no plano estratégico da companhia, que prevê recursos de R$ 24 bilhões de 2012 até 2015, dos quais R$ 6 bilhões serão investidos este ano.

O lançamento piloto do serviço de 4G da Oi (soft launch) começará em dezembro de 2012, para um público restrito.

A rede 4G da Oi está em operação no Leblon, em fase de testes. Cinco antenas estão atendendo especialmente o bairro e os clientes poderão conhecer o 4G da Oi no shopping Rio Design Leblon e no Teatro Oi Casagrande. Além desses locais, a companhia fará outros testes da rede 4G em eventos que patrocina, como a Futurecom e o Sorteio da Copa das Confederações.

Até dezembro, outras três novas capitais brasileiras, além do Rio de Janeiro, receberão testes públicos da rede 4G da Oi. A companhia fará testes em São Paulo, Belo Horizonte e Brasília. Também até o fim do ano, a Oi iniciará teste permanente do 4G na sede do Oi Futuro, instituto de responsabilidade social da companhia, no Flamengo, no Rio, em estandes equipados com aparelhos smartphone 4G e mini-modens 4G, com demonstração da tecnologia aos clientes.

O cronograma preliminar de implantação do 4G da Oi prevê o atendimento comercial às seis cidades-sede da Copa das Confederações até 30 de abril de 2013 (Brasília, Fortaleza, Recife, Rio de Janeiro, Salvador e Belo Horizonte). A antecipação desse cronograma ainda está em estudo pela Oi. As sedes e subsedes da Copa do Mundo receberão ofertas comerciais do 4G até 31 de dezembro de 2013. Até 31 de maio de 2014, todas as capitais e cidades com mais de 500 mil habitantes serão cobertas; e todos os municípios com mais de 100 mil habitantes até 31 de dezembro de 2016. Além disso, o serviço será ativo nas cidades de 30 mil a 100 mil habitantes até o final de 2017 e, nos municípios menores, até o final de 2019.
Com a disponibilização do Galaxy SIII LTE para os testes, a Samsung reforça seu compromisso com o que há de mais avançado em tecnologia móvel. O objetivo é oferecer dispositivos de última geração para que os usuários aproveitem da melhor maneira possível a grande capacidade de tráfego de dados da tecnologia LTE. A Samsung se compromete a já contar com um portfólio de dispositivos LTE quando as redes estiverem comercialmente disponíveis.
O novo teste de 4G da Oi com aparelhos smartphone será contínuo até o final do ano e vem complementar os testes pontuais da tecnologia já realizados pela companhia nesse ano. Em junho, a Oi realizou o primeiro teste público do 4G no país, na conferência Rio+20, com mini-modens. Na demonstração, pessoas de todo o mundo puderam navegar em um notebook conectado a um mini-modem 4G com conexão que atingiu taxas de até 100 Mbps de velocidade. Em agosto, a Oi também testou sua tecnologia 4G em um estande no 56º Painel Telebrasil, evento especializado do setor de telecomunicações, em Brasília.

Em junho desse ano, a Oi adquiriu, em licitação realizada pela Anatel, um dos lotes com abrangência nacional para operar telefonia celular 4G na faixa de frequência de 2,5 GHz, no valor de R$ 330.851.000,00. Antes mesmo de arrematar a licença no leilão, a Oi concluiu testes da tecnologia LTE em laboratório e em campo, em parceria com os fabricantes internacionais Huawei, Alcatel, Nokia Siemens, ZTE e Ericsson, nas cidades de Teresópolis, Cabo Frio, Macaé, Itaguaí e Araruama, no Rio de Janeiro. Os testes foram realizados em três etapas: testes de conformidade, de funcionalidades especiais e de desempenho outdoor. Foram avaliadas as características e a performance técnica dos equipamentos, antecipando potenciais problemas de implantação, com o objetivo de garantir a qualidade na entrega dos serviços aos usuários.

No UOL Play você encontra filmes, séries, desenhos, shows e esportes ao vivo. Além disso, alugue os títulos que acabaram de sair do cinema. Clique e experimente por 7 dias grátis!

About Redação Minha Operadora
Um dos principais sites de notícias sobre o setor de telecomunicações do Brasil e do mundo. Mais de 10 mil artigos publicados com cerca de 1 milhão de páginas lidas todos os meses.
Acompanhar esta matéria
Notificação de
0 Comentários
Comentários embutidos
Exibir todos os comentários