Oi tem lucro de R$ 354 milhões no segundo trimestre

Resultado cresceu 2,1% em relação ao primeiro semestre de 2011, mas foi inferior em 13,7% em relação ao obtido entre abril e junho do ano passado.





A operadora de serviços de telefonia Oi alcançou lucro líquido de 354 milhões de reais no segundo trimestre de 2011, queda de 13,7% sobre o alcançado entre abril e junho do ano passado. A receita da empresa também caiu, registrando 7,077 bilhões de reais, valor 4% inferior aos 7,373 bilhões obtidos no segundo trimestre do ano passado, no acumulado do primeiro semestre de 2011. Em relação ao primeiro trimestre de 2011, houve  crescimento de 2,1%.
“A companhia vem seguindo a estratégia de crescer de forma sustentável e rentável, por isso tem adotado políticas mais restritivas para a permanência de clientes inativos na base de clientes pré-pagos. Nosso objetivo continua sendo melhorar a rentabilidade do negócio”, afirmou o diretor de Finanças e Relações com Investidores da Oi, Alex Zornig.
O Ebitda (lucro antes de despesas financeiras, impostos, depreciações e amortizações) ficou em 2,476 bilhões no segundo trimestre de 2011, com margem de 35%. Em igual período de 2010 o Ebitda foi de 2,688 bilhões, com margem de 36,5%. No acumulado até junho de 2011, o Ebitda ficou em R$ 7,921 bilhões, alta de 5,7% em relação ao Ebitda dos primeiros seis meses de 2010.
No final de junho deste ano, a empresa tinha 65,9 milhões de clientes, ante 62,6 milhões em igual período de 2010. Do total de clientes, 41,5 milhões estavam em telefonia móvel, 19,4 milhões em telefonia fixa, 4,6 milhões em banda larga e 334 mil em TV por assinatura.
Na banda larga, a empresa adicionou 130 mil clientes à sua base no segundo trimestre, um aumento de 3% em relação ao primeiro trimestre de 2011. A Oi passou a oferecer banda larga em 153 novos municípios, totalizando aproximadamente 4,6 mil municípios cobertos com o serviço Oi Velox.
Entre abril e junho, a empresa investiu 1,04 bilhão de reais, aumento de quase 26% em relação ao volume investido no trimestre anterior. No ano, a operadora já somou 1,9 bilhão de reais em investimentos, o que seria, segundo a relatório da companhia, quase o dobro do gasto no primeiro semestre de 2010.
Segundo comunicado da Oi, “no segmento de telefonia fixa, o investimento concentrou-se na expansão da cobertura e no aumento da velocidade das ofertas de serviços de banda larga. Já no segmento de telefonia móvel, além da expansão da cobertura, o investimento foi direcionado também para o aumento de capacidade de tráfego de dados 3G, principalmente nas regiões II e III. A companhia mantém a expectativa de investir aproximadamente 5 bilhões de reais em 2011.”
No trimestre, a dívida bruta da Oi recuou 3,4 bilhões de reais em relação ao trimestre anterior, somando 24,9 bilhões de reais no fim de junho, resultado principalmente de amortizações e pagamentos de dívidas com vencimento no período. A dívida líquida consolidada era, no final de junho, de 16,2 bilhões de reais, um aumento de 1,8 bilhão em relação ao trimestre anterior.

No UOL Play você encontra filmes, séries, desenhos, shows e esportes ao vivo. Além disso, alugue os títulos que acabaram de sair do cinema. Clique e experimente por 7 dias grátis!

COMPARTILHAR EM:

About Redação Minha Operadora
Um dos principais sites de notícias sobre o setor de telecomunicações do Brasil e do mundo. Mais de 10 mil artigos publicados com cerca de 1 milhão de páginas lidas todos os meses.
Acompanhar esta matéria
Notificação de
0 Comentários
Comentários embutidos
Exibir todos os comentários