terça-feira, 15 de agosto de 2017

Loja da Claro é roubada por bandidos com pistola falsa

O que você achou? 
Apesar da arma falsa, um dos três jovens, de 18 anos, portava um revólver de verdade e ameaçou clientes e funcionários da Claro em Mato Grosso do Sul.

Nesta segunda-feira (14), três homens foram presos no Mato Grosso do Sul após roubarem uma loja da Claro em Várzea Grande. Os homens, de 18, 19 e 20 anos de idade, portavam um revólver calibre 38, mas também uma arma falsa parecida com uma pistola 9mm.

Após o roubo à loja, que fica localizada na Avenida Couto Magalhães, as vítimas chamaram a Polícia Militar e especificaram as características físicas dos suspeitos, além do que fizeram depois: fugiram e entraram em um ônibus do Terminal André Maggi. Com as especificações, a polícia encontrou o ônibus e os três dentro do veículo.


Tanto a arma verdadeira quanto a falsa, que se encontrava embaixo do banco, foram achadas pela polícia, que os encaminhou à Central de Flagrantes, onde foram reconhecidos.

De acordo com uma das vítimas, o jovem de 18 anos, o mais novo entre eles, foi o que mais fez ameaças tanto aos funcionários da Claro quanto aos clientes, também portando a arma. Por isso, ele responderá por porte ilegal de arma de fogo, além dos crimes de ameaça e roubo, que também responderão os outros dois bandidos.

LEIA TAMBÉM:


Nenhum comentário:

Postar um comentário