quinta-feira, 8 de maio de 2014

Vivo quer aumentar em mais de 35% receita com roaming na Copa

O que você achou? 
Operadora tem feito parcerias com diversas operadoras do mundo para que elas incentivem seus clientes a usar o 4G da Vivo ao chegar no Brasil.

A Telefônica/Vivo oferecerá a partir da semana que vem roaming de 4G para turistas de seis países em viagem ao Brasil, iniciativa com a qual pretende ampliar em mais de 35% suas receitas com o serviço, disse o diretor de interconexão e roaming da operadora, Gustavo Nóbrega.

A empresa passará a oferecer serviço de roaming de internet de quarta geração para turistas dos Estados Unidos, França, Rússia, Chile, Japão e Coreia do Sul. Até o final deste mês, o serviço também estará disponível a usuários de mais sete países - Espanha, Reino Unido, Bélgica, Suíça, China, Canadá e Colômbia.

De acordo com Nóbrega, a Vivo é a primeira operadora do Brasil a lançar roaming 4G para estrangeiros em visita ao País. "Temos feito convite a todas as operadoras que participam da Copa e têm 4G lançados em seus países", disse o executivo.

A projeção é que as receitas com roaming (que incluem SMS, dados e voz) subam mais de 35% em junho na comparação com junho de 2013, quando foi realizada a Copa das Confederações. No ano passado, o aumento da receita de roaming no mês do campeonato foi de 35%. A Vivo não detalha o tamanho da receita com o serviço.

Para utilização do roaming, o aparelho deve ser compatível com a frequência da rede 4G utilizada no Brasil, a de 2,5 GHz. De acordo com Nóbrega, essa frequência é mais difundida na Europa, mas atualmente a maior parte dos aparelhos são multibanda.

Com maior participação de mercado na tecnologia (41,3%), de acordo com dados da Anatel, a Vivo oferece 4G em 86 cidades brasileiras, incluídas as doze sedes da Copa do Mundo.

Preparação para receber turistas

Além de todos os esforços em firmar acordos pelo mundo, as principais operadoras do Brasil estão deixando mais acessível o cadastramento de novos chips pelos estrangeiros. Operadoras como a Claro e a própria Vivo estão disponibilizando a opção de alterar o idioma do atendimento eletrônico para inglês no momento da ativação da linha. Para isso basta pressionar um botão informado por cada operadora.

Com informações de Reuters.

Nenhum comentário:

Postar um comentário