quinta-feira, 13 de fevereiro de 2014

Como prometido, aqui está o resultado da NET Serviços

O que você achou? 

A Net fechou 2013 com um total de 6,060 milhões de clientes de TV por assinatura. A maior operadora de TV paga do país tem, sozinha, 1/3 de todos os assinantes brasileiros (18,020 milhões, segundo a Anatel).

A Net conquistou 679 mil novos assinantes ao longo de 2013, ano em que expandiu sua rede de cabos para 60 novos municípios. Adquiriu 2.000 assinantes a mais do que toda a base da quinta maior operadora do país, a GVT (677 mil assinantes). Foi o melhor resultado absoluto da história.

Em relação ao total de assinantes de 2012, a operadora cresceu 12,6%, acima da média do mercado (12,3%). Em banda larga e telefonia, alta foi ainda maior. A Net encerrou o ano com 6,436 milhões de clientes de banda larga, um crescimento de 17,1%, e se consolidou como líder no segmento no mercado brasileiro. Em telefonia, a companhia registrou 5,691 milhões de assinantes, um aumento de 14,3%.

A receita líquida da Net em 2013 foi de R$ 9,708 bilhões, um crescimento de 22,3% sobre 2012. O lucro líquido anual foi de R$ 176,6 milhões, uma queda de 55,1% sobre o ano anterior. Segundo Roberto Catalão, vice-presidente financeiro da Net, o lucro líquido sofreu impacto da desvalorização do real e da revisão do "saldo contábil de alguns créditos fiscais, especialmente no último trimestre".

"Em um ano em que o mercado sentiu uma desaceleração no crescimento da TV paga, a Net não só manteve o seu ritmo de crescimento, como registrou recorde de adição de novos clientes à sua base”, festeja José Antônio Félix, presidente da Net.

Em nota à impresa, Márcio Carvalho, diretor de marketing, se mostrou otimista quanto a 2014. "A Copa do Mundo nos dá um cenário bastante propício para inovações, novos produtos e muitas outras novidades”, disse.

Meta é chegar a 21 milhões de residências em 2014

A NET Serviços pretende crescer pouco mais de 6% no número de domicílios conectados (homes-passed) durante o ano, de acordo com o COO da controladora América Móvil, Oscar Von Hauske.

Em conferência com analistas para divulgar os resultados financeiros do grupo mexicano nesta quarta, 12, Von Hauske revelou que a meta da empresa para a NET é de adicionar 1,2 milhão de homes-passed, crescendo de 19,8 milhões de residências em 2013 para 21 milhões até o final de 2014. 

A companhia trabalha com ofertas de banda larga com HFC e FTTH, além de TV paga e telefonia fixa.

"Vamos tentar colocar (a oferta da empresa) em mais sete cidades, estamos vendo muitas oportunidades de mercado", complementou.

Segundo o CEO da companhia mexicana, Daniel Hajj, esse desempenho da NET no Brasil está satisfazendo à controladora. Em 2013, a operadora registrou crescimento na base e 22% de aumento nas receitas líquidas, fechando o ano com R$ 9,7 bilhões.

"A NET está tendo muito sucesso na TV e na banda larga, estamos crescendo muito no triple-play", disse.

Com informações de Exame

Nenhum comentário:

Postar um comentário