terça-feira, 16 de julho de 2013

Postura da Sky sobre espaço no satélite irrita canais

O que você achou? 
A Sky está, no que se poderia dizer, entre a cruz e espada. A operadora, que possui uma fila de canais à espera de uma vaga em seu line-up, avisa a quem interessar possa que seu espaço satelital anda limitado. No entanto, um fato chamou a atenção no último mês.

Durante a Copa das Confederações, a Sky arrumou um jeito para encaixar o SporTV HD e oSporTV 2 HD em seu line-up. Os canais passaram a ocupar, respectivamente, os lugares 239 e 238 na grade. A manobra resultou numa troca na sintonia dos canais OFF e Globosat+, atualmente presentes nos números 237 e 240.

A facilidade reservada aos canais Globosat chama a atenção pelo fato de a Sky travar uma disputa na Justiça com a Anatel para não carregar Record News, MTV, Mix, CNT, Rede Brasil e TV Aparecida em seu line-up. A operadora alega que o carregamento de todas essas emissoras abertas e canais públicos seria inviável técnica e economicamente.

Mas para a Anatel isso não importa, ou a Sky carrega todas as redes de TV aberta, isto é, que estão presentes em todas as regiões e cobrem pelo menos um terço da população, ou não carrega nenhuma. Atualmente, a Sky disponibiliza oito desses quatorze canais: Globo, Record, SBT, Band, RedeTV, Rede Vida, TV Canção Nova e RIT.

Nenhum comentário:

Postar um comentário