quinta-feira, 25 de julho de 2013

Facebook para celulares comuns chega a 100 milhões de usuários

O que você achou? 
Parte de um projeto ambicioso de expandir seu alcance móvel, o Facebook anunciou que 100 milhões de pessoas usam o seu aplicativo Facebook Para Qualquer Telefone. A ideia é colocar a rede social em celulares simples e baratos ainda bastante comuns em países em desenvolvimento como Índia, Brasil e Indonésia.

Os detalhes do projeto foram anunciados nesta segunda e impressionam pelo alcance. Um em cada oito usuários do Facebook estão usando esse aplicativo em mais de 3 mil modelos diferentes de aparelhos simples que custam entre US$ 20 e US$ 80. Muitos dos usuários pagam bem pouco ou nada para atualizar o status ou acessar o feed de notícias. É parte de um subsídio do Facebook para operadoras locais como forma de aumentar sua audiência.


Aqui mesmo no Brasil operadoras como Oi e TIM lançaram planos de uso gratuito do Facebook. Toda essa estratégia foi desenvolvida de forma muito discreta há mais de dois anos e tem como plano ampliar ainda mais a base de usuários, que hoje é de 1,1 bilhão.

Segundo a consultoria IDC os smartphones ultrapassarão os celulares simples em 2013 pela primeira vez na história, mas é impossível ignorar que esses aparelhos simples ainda sejam imprescindíveis para a comunicação de muitos países. E é também nesses lugares em que o Facebook tem maior expectativa de crescimento, com destaque para Vietnã, Brasil, México, Indonésia e Índia.

A popularização de redes sociais em países como Índia e Afeganistão estão causando uma transformação na emancipação feminina e na liberdade de expressão muitas vezes desconhecida pelos jovens. O uso de redes sociais representa um avanço. Como diz essa longa reportagem da Radio National da ABC mostra que os aparelhos baratos vem causando uma ruptura nos relacionamentos entre os indianos. “Todo dono de um modelo básico de celular 2G tem potencial para ser uma voz ativa onde vive”, diz um texto do sociólogo espanhol Manuel Castells.

Nenhum comentário:

Postar um comentário