15/05/2024

Nokia e Megacable atingem velocidade recorde em transmissão óptica de longa distância

É o primeiro canal óptico desta capacidade a ser implementado em uma rede ativa de uma única operadora na América Latina.

A Nokia e a Megacable atingiram um marco para as telecomunicações na América Latina. Em testes, as empresas conseguiram uma velocidade recorde em transmissão óptica de longa distância, atingindo 1,1 Tbps (Terabits por segundo). É o primeiro canal óptico desta capacidade a ser implementado em uma rede ativa de uma única operadora na região.

Site: Intnet

Os testes fazem parte das ações que a Megacable está realizando para dimensionar exponencialmente a capacidade de sua rede e aumentar as velocidades de transmissão de dados de longa distância de 9,6 Tb para 28,8 Tb, interligando todos os seus data centers em todo o país.

Com essa capacidade, a empresa interconectará seus datacenters em todo o México para fornecer a melhor conectividade de fibra ótica aos seus usuários residenciais, empresariais, corporativos, governamentais e operadoras.

A Nokia foi selecionada pela empresa e implementou a solução óptica coerente Photonic Service Engine-Vs (PSE-Vs) de sexta geração em cima de sua plataforma de transporte óptico PSS 1830 PSS existente, executando tráfego ao vivo sem qualquer impacto na rede. Com esta implementação tecnológica, a sua evolução centra-se no aumento da capacidade por canal em vez de aumentar o número de canais.

De acordo com a Nokia, o PSE-6s é “a tecnologia de óptica coerente digital (DCO) mais avançada da indústria, alimentando a última geração da Nokia de transponders de alto desempenho e alta capacidade, switches de pacotes ópticos e plataformas de terminais modulares compactas e desagregadas. O Nokia PSE-6s é a primeira plataforma que pode suportar até 1,2 Tb/s em aplicações de metrô e transmissão de 800 Gbps em longas distâncias”.

Miguel Sol, Diretor de Tecnologia da Megacable, explica que a Nokia foi escolhida, pois já trabalhou com a empresa realizando testes de transmissão óptica de dados com sucesso. “Selecionamos a Nokia para o teste para demonstrar nossa evolução de rede, já que nossa primeira implementação com a Nokia foi de 9,6 Tbps de capacidade total”.

“Como parte de nosso programa de inovação e evolução tecnológica, concordamos com a Nokia para estabelecer e selecionar as rotas de transporte para testar seu novo chipset PSE-6s. Isso nos permitirá aumentar a eficiência espectral óptica, permitindo capacidades de até 38,4 Tbps, bem como eficiências de custo e consumo de energia em nossa rede de fibra óptica de longa distância”, destaca Sol.

1 COMENTÁRIO

Se inscrever
Notificar de
guest
1 Comentário
Mais antigo
Mais recente Mais Votados
Feedbacks embutidos
Ver todos os comentários