18/06/2024

Governo diz que crescimento do 5G é bom para inovação e melhoria da indústria

Ministro das comunicações afirmou que papel do governo é implementar políticas públicas que favoreçam empresas e cidadãos.

O Ministro das Comunicações, Juscelino Filho, destacou que a expansão do 5G no Brasil impulsiona a inovação e o crescimento na indústria nacional. Ele ressaltou o papel fundamental dessa tecnologia na transformação do setor, chamando-a de “revolucionária”.

Foto: Kayo Sousa.

Durante o seminário “Conectividade e o Futuro” no Rio de Janeiro, ele enfatizou que o 5G abre oportunidades para conectar e controlar dispositivos e sensores, possibilitando automação avançada e coleta de dados em tempo real para otimizar processos de produção.

“O 5G abre portas para uma série de novas oportunidades e possibilidades, se tornando essencial para suportar as necessidades das indústrias. Com a tecnologia, as fábricas podem conectar e controlar uma ampla gama de dispositivos e sensores de forma eficiente, permitindo a automação avançada e a coleta de dados em tempo real para otimizar processos de produção”.

No evento, o Ministro ressaltou a importância do 5G para todos os brasileiros, enfatizando seu potencial para melhorar serviços públicos e privados. Ele destacou que o 5G não só beneficia empresas e indústrias, mas também áreas como saúde, educação e agronegócio, prometendo melhorias significativas na vida das pessoas.

Além disso, ele mencionou a implementação de políticas públicas para entregar resultados aos cidadãos. O Ministro abriu o evento e participou do primeiro painel, onde discutiu com representantes da indústria de telecomunicações e da Confederação Nacional da Indústria sobre como o 5G possibilita sistemas de manufatura inteligente, promovendo uma produção mais flexível, personalizada e eficiente.

Juscelino Filho destacou que o 5G possibilita a implementação de realidade aumentada e virtual em ambientes industriais, promovendo treinamento imersivo, assistência remota e visualização de dados complexos. Isso pode aumentar a eficiência operacional e reduzir o tempo de inatividade, permitindo uma manutenção mais rápida e precisa.

Ele também ressaltou que o 5G melhora a eficiência da logística e da cadeia de suprimentos, permitindo o rastreamento em tempo real de produtos e otimizando rotas de entrega. Em suma, o 5G está revolucionando a indústria ao oferecer novas formas de aumentar a eficiência, reduzir custos e impulsionar a inovação.

No evento, ele anunciou que a partir de segunda-feira, 27, mais 236 cidades brasileiras terão acesso ao 5G, elevando o total para 4.134 municípios, onde residem cerca de 189 milhões de brasileiros, aproximadamente 88,6% da população do país.

Produção e Competitividade

No seminário, Rodrigo Pastl afirmou que o 5G pode aumentar as exportações brasileiras, melhorando a competitividade internacional e acessando novos mercados.

Marcos Ferrari, presidente da Conexis Brasil Digital, destacou o impacto econômico da tecnologia, que facilita a logística, reduz perdas e aumenta a produção, potencialmente resultando em melhores salários, maior renda per capita e melhor bem-estar social e econômico.

Segurança

No 2° painel do seminário, focado nos desafios das redes privativas na indústria, Hermano Barros Tercius, secretário de Telecomunicações, discutiu a segurança cibernética.

Ele mencionou a criação do Comitê Nacional de Segurança Cibernética e as ações da Anatel para garantir a segurança dos dispositivos por meio de regulamentações. Participaram também Atilio Rulli, da Huawei, e Vinicius Caram, da Anatel.

ViaMCom
Se inscrever
Notificar de
guest
0 Comentários
Feedbacks embutidos
Ver todos os comentários