17/05/2024

Casal causa prejuízo de R$ 500 mil após furtar cabos de telecom em Manaus

Segundo a DERFD, a dupla vendia o material em uma sucata na área do Novo Aleixo, onde os suspeitos foram detidos pela polícia.

Manaus é um dos municípios do Amazonas que mais sofre com a instabilidade na internet, sendo que volta e meia os moradores sofrem com a falta de conectividade. O roubo e furto de cabos de telecom é uma das principais causas que provocam a queda do serviço. Inclusive, a Polícia Civil do Amazonas (PC-AM), por meio da Delegacia Especializada de Roubos, Furtos e Defraudações (DERFD) indiciou duas pessoas pela prática criminosa.

De acordo com o delegado Thomaz Vasconcelos Dias, titular da DERFD, o casal Berenice Ribeiro Pinheiro, 33, e Fábio Wilker dos Santos Pinto, 28, furtou cerca de 110 metros de cabos no Centro de Manaus, o que gerou um prejuízo estimado em R$ 500 mil à empresa vítima.

As diligências foram iniciadas após um representante da empresa vítima procurar a delegacia e informar o furto de centenas de cabos de telecom no bairro Centro, durante o período da madrugada do último fim de semana e a segunda-feira (26/02).

Após tomar conhecimento do fato, a polícia começou as diligências e conseguiu identificar os autores e as circunstâncias da ação criminosa. O casal aproveitava a madrugada para retirar os tampões de ferro e entravam na área onde fica armazenado os cabos das linhas telefônicas que são subterrâneos.

Após subtrair os cabos das linhas telefônicas, o casal vendia o material em uma sucata na área do Novo Aleixo, onde os suspeitos foram detidos. “O que fomenta esse tipo de mercado são as sucatarias, que compram o material sem estabelecer critério para aquisição do material”, explicou Thomaz.

Junto com o casal estava um veículo Fiat Strada, que foi utilizado na ação criminosa, além de uma quantia em dinheiro. Eles confessaram o delito, e ainda informaram participação em outros furtos no mesmo modus operandi. A dupla foi indiciada por furto e receptação qualificada e ficará à disposição da Justiça.

Ainda de acordo com o delegado, “a ação criminosa também causou prejuízo às redes hospitalar, bancária, comercial, escolar, resultando em 95% delas ficarem sem comunicação, com isso causando grande transtorno”, conforme relato a empresa vítima.

Roubo e furto de cabos de telecomunicações

A prática criminosa é um dos principais problemas do setor no Brasil. De acordo com dados da Conexis, entidade que representa as principais operadoras, foram roubados 5,4 milhões de metros em 2023, o maior número desde 2019.

Se inscrever
Notificar de
guest
0 Comentários
Feedbacks embutidos
Ver todos os comentários