20/04/2024

‘Max’ terá mais produções para a América Latina, diz executivo

Streaming 'Max' chega ao Brasil, e ao restante do continente americano, no final do mês de fevereiro, substituindo o HBO Max.

No dia 27, a HBO Max se tornará Max, após a fusão da Warner Bros e da Discovery. A nova plataforma combinará o conteúdo da HBO Max e do Discovery+, que antes eram independentes. Mariano Cesar, líder de conteúdo de entretenimento geral da Warner Bros. Discovery para a América Latina, destaca que o Max oferecerá uma variedade de conteúdos para todas as audiências, incluindo um olhar especial para os brasileiros.

Max

Lançado nos EUA em maio de 2023, o Max expande para a América Latina como seu primeiro mercado internacional, indicando a importância da região para a empresa. A chegada do Max traz expectativas de aumento de assinantes e negócios locais.

“Acreditamos que teremos uma história para cada membro da família, para cada emoção, para cada momento da vida”, disse Mariano.

Na perspectiva de Cesar, o período entre o lançamento nos Estados Unidos e a chegada à América Latina foi crucial para adaptar a plataforma às necessidades locais. Ele enfatiza que criar conteúdo para o Max foi um grande esforço, totalizando mais de 37 mil horas, visando ao crescimento.

Segundo ele, preparar esse acervo foi desafiador devido à diversidade da região, com mais de 20 países que requerem o conteúdo em inglês, espanhol e português.

“Criar esse conteúdo todo para o Max tem sido um enorme esforço porque representa uma enorme quantidade de horas, em termos de crescimento. Serão mais de 37 mil horas de conteúdo que estarão disponíveis no Max a partir do dia 27 de fevereiro”.

O executivo afirma que preparar o acervo foi difícil devido à diversidade de países na região e à necessidade de disponibilizar conteúdo em inglês, espanhol e português. Max oferecerá transmissões ao vivo, incluindo a UEFA Champions League, e pretende adicionar mais eventos esportivos e de entretenimento. Também transmitirá eventos como os red carpets e premiações do TNT, incluindo o Oscar, que será transmitido alguns dias após o lançamento na América Latina, em 10 de março.

A companhia planeja concentrar-se na produção de novelas na América Latina, incluindo o Brasil. O HBO Max já estava trabalhando nesse setor com títulos como “Beleza Fatal” e um remake de “Dona Beja”. O foco não será apenas na quantidade de produções, mas sim em criar conteúdo impactante com potencial global. Isso reflete uma mudança de prioridade, reconhecendo que qualidade é mais importante que quantidade.

“O volume e a quantidade [de produções] não serão nosso foco. Uma coisa que aprendemos nos últimos anos é que a quantidade do conteúdo é menos importante do ter um conteúdo de impacto para o mundo. Esse será nosso objetivo”.

A chegada do serviço de streaming Max ao Brasil marca a entrada da Warner Bros. Discovery no mercado publicitário de streaming, seguindo os passos da Netflix. O Max oferece três planos de assinatura: básico com anúncios (R$ 29,90/mês), standard (R$ 39,90/mês) e platinum (R$ 55,90/mês). Os últimos dois planos não exibem anúncios e se diferenciam pela quantidade de dispositivos simultâneos e downloads permitidos aos assinantes.

Segundo o representante da Wartner, a inclusão de um plano com publicidade, mais acessível, é vista como uma forma de tornar o serviço mais acessível. Todos os planos oferecem o mesmo conteúdo, com variações apenas nos benefícios como downloads e número de dispositivos conectados.

Se inscrever
Notificar de
guest
0 Comentários
Feedbacks embutidos
Ver todos os comentários