02/03/2024

Empresas de telecomunicações miram no lançamento do Wi-Fi 7 em 2024

Segundo análise da WBA, até o fim de 2024, mais de 41% das empresas de telecomunicações desejam fornecer a tecnologia de conexão.

Em breve, o mundo contará uma boa evolução na forma de conectar sem fio por meio do Wi-Fi. Ainda em desenvolvimento, o Wi-Fi 7 é uma das apostas das empresas de telecomunicações. Segundo a análise anual mais recente, a Wireless Broadband Alliance (WBA, ou Aliança de Banda Larga Sem Fio),

O Relatório Anual da Indústria 2024 aponta que desse percentual, 7,5% já implantaram a rede sem fio de última geração e trabalham em casos de uso, com a expectativa de que a tecnologia habilite novos negócios e fontes de receita. A análise também diz que o WiFi 6, 6E e 7 estão no topo da lista de tecnologias sem fio prioritárias que operadoras, ISPs e fornecedores de dispositivos e chipsets planejam implantar ao longo do próximo ano.

O setor de telecomunicações está confiante nos investimentos em rede fixas sem fio, sendo que 58% das empresas estão dispostas a destinar recursos para contar com conexões Wi-Fi de última geração, segundo o relatório. Um avanço no interesse, uma vez que na pesquisa anterior, o índice era de 46%.

No levantamento da WBA também aparece a discussão sobre a destinação da frequência de 6 GHz, que foi um dos principais temas da Conferência Mundial de Radiocomunicações (WRC-23). Segundo a análise, 44,2% dizem que a faixa de 6 Ghz é importante para o uso não licenciado (WiFi), enquanto 25,9% afirmam que é “um pouco importante”. Para 8,9% a frequência não é importante para as redes fixas sem fio.

Além disso, ainda consta que 70% das empresas envolvidas no estudo estão envolvidas com uma implantação de WiFi público em toda a cidade ou planejam pôr em prática tal iniciativa em 2024 ou 2025. Para o relatório foram entrevistadas 200 entrevistas com empresas, governos, operadoras fixas e móveis, fornecedores e outras organizações globais.

Benefícios do Wi-Fi 7

Entre os benefícios que o Wi-Fi 7 trará para a população está a velocidade de conexão, que pode atingir a máxima de 46 Gbps, que chega a ser até quatro vezes maior em uma comparação direta com o visto no Wi-Fi 6/6E. A largura de banda, com até 320 MHz de espectro por canal utilizado. Anteriormente, os valores eram de 160 MHz no Wi-Fi 6/6E e de 80 MHz no Wi-Fi 5.

Além disso, ainda tem a possibilidade de operação Multi-Link. Por meio da tecnologia Multi-Link Operation (MLO), será possível conectar os dispositivos a um roteador utilizando mais de uma frequência simultânea com mais velocidade e estabilidade, além de uma latência mais baixa. Assim como maior segurança, já que o Wi-Fi 7 permite a criptografia padrão WPA3. No Wi-Fi 5 e nas versões anteriores, o padrão era o WPA2.

Se inscrever
Notificar de
guest
0 Comentários
Feedbacks embutidos
Ver todos os comentários