09/04/2024

Amazon é acusada de favorecer a Apple ao remover anúncios de concorrentes

De acordo com relatório, o e-commerce beneficia a fabricante deixando as páginas de compra de produtos Apple com menos publicidade.

A Amazon é acusada de favorecer a Apple na remoção de anúncios de concorrentes de páginas de iPhones, iPads, MacBooks e outros produtos. A denúncia parte de uma reportagem do site Business Insider, onde mostra que tem certas configurações e mudanças na interface das páginas não são encontradas em páginas similares de concorrentes diretas, como a Samsung.

Isto é, o acordo torna os resultados de busca e páginas de produtos da Apple mais “limpo” do que as de concorrentes. Por exemplo, na página de compra de um iPhone, há uma quantidade consideravelmente menor de anúncios e recomendações do que no mesmo ambiente de compra de aparelhos de outra marca.

Na comparação das páginas, nas buscas dos produtos da Apple, elas são mais “limpas”, além de ter um banner superior sempre com um anúncio relacionado à própria fabricante do iPhone. Além da poluição visual reduzida e menos concorrência, isso significa também que o site é carregado mais rapidamente. Nos produtos de empresas como Sony e Samsung, por outro lado, trazem a interface convencional da Amazon, com mais anúncios e propaganda até de marcas rivais.

CEO da empresa de pesquisa Marketplace Pulse, Juozas Kaziukenas, afirma que “É óbvio que a Amazon fez um acordo com a Apple que não está disponível para outras marcas. Eu realmente não consigo pensar em nenhuma outra empresa com essa mesma configuração”.

As modificações das páginas da Apple são resultado de um acordo realizado em 2018 com a Amazon para vender seus produtos na plataforma. Um e-mail anteriormente divulgado pelo Comitê Judiciário da Câmara dos EUA, escrito por Jeff Wilke, ex-diretor de varejo da Amazon, afirmava que a Apple não queria direcionar vendas para outras marcas concorrentes nas páginas de busca ou detalhes de produtos.

A própria Apple confirmou que fez um acordo em 2018 para que outras marcas não conseguissem comprar espaço de anúncio em alguns resultados de busca na loja envolvendo seus produtos. Entretanto, está claro se a Amazon é compensada pela estratégia.

Segundo a Business Insider, esse favorecimento não tem agradado as empresas concorrentes, que acaba afastando o consumidor de outros produtos para além da Apple. Além disso, a ausência de comparativos com outros modelos, que são normalmente mais baratos, também é considerada uma prática irregular pelas fabricantes.

Se inscrever
Notificar de
guest
0 Comentários
Feedbacks embutidos
Ver todos os comentários