13/04/2024

Prefeitura de Manaus lança serviço de internet gratuita nos terminais de ônibus

Segundo a prefeitura, os cinco terminais de integração contam com pontos de wi-fi gratuito para que quiser conectar seus dispositivos.

A Prefeitura de Manaus lançou o serviço de internet gratuita nos cinco terminais de integração de ônibus da capital. A iniciativa é pioneira na região Norte e visa melhorar a experiência dos usuários do transporte coletivo. Os pontos agora contam com serviços gratuitos de wi-fi para quem quiser conectar os aparelhos celulares à internet para acessar o aplicativo “Cadê Meu Ônibus”.

O serviço foi lançado na última terça-feira (10), no Terminal de Integração 1 (T1), com a participação do vice-prefeito e chefe da Casa Civil, Marcos Rotta, onde ressaltou o compromisso da prefeitura em trazer novas técnicas, tecnologias e ações que coloquem a capital no centro do desenvolvimento tecnológico.

A partir de hoje, todos os usuários do sistema de transporte público terão acesso gratuito à internet nos terminais de ônibus da cidade de Manaus. Nós temos, hoje, o menor tempo de espera aqui, no T1, do Brasil, aproximadamente 11 minutos. Então, é um momento importante de nós colocarmos verdadeiramente Manaus na era do avanço tecnológico”, afirmou.

O diretor-presidente do Instituto Municipal de Mobilidade Urbana (IMMU), Paulo Henrique Martins, destacou o pioneirismo da ação. “Essa é a primeira vez que é ofertado, na cidade de Manaus, o serviço gratuito de internet nos terminais, isso é um pioneirismo muito grande”.

“Seguindo a determinação do prefeito David Almeida, nós decidimos incorporar a tecnologia como o novo rosto do transporte coletivo. Agora, contamos com ônibus modernos e um sistema totalmente rastreado por GPS. Os passageiros podem localizar seus ônibus a partir do aplicativo ‘Cadê Meu Ônibus’. E, para coroar todos esses avanços, estamos introduzindo a internet nos terminais.”, disse Martins.

Como acessar a internet gratuita

Para acessar a rede, o usuário precisa fazer um cadastro informando o nome completo, e-mail, CPF e data de nascimento, além de aceitar os termos de uso e a política de privacidade. Serão 30 minutos de rede liberada e só poderá usar novamente após 8 horas.

A pessoa vai acessar um formulário, após estar conectada na rede“, disse Francinaldo Souza. “Uma vez preenchidos os dados no formulário, está liberado o acesso, de maneira simples e rápida, sem que a gente tenha muito transtorno para conectar“, garantiu.

Se inscrever
Notificar de
guest
0 Comentários
Feedbacks embutidos
Ver todos os comentários