17/04/2024

Expectativas para o Snapdragon 8 Gen 3; o que a Qualcomm está preparando

Já existem rumores sobre as novidades em desempenho, IA e conectividade que o novo chip da Qualcomm deve trazer.

A Qualcomm está prestes a revelar sua próxima geração de processadores móveis, o Snapdragon 8 Gen 3, durante o Snapdragon Summit em outubro de 2023. Este chip promete melhorias em relação à geração anterior e já é utilizado em dispositivos como o Xiaomi 13 Ultra e o Galaxy S23 Ultra.

Qualcomm

Espera-se que traga melhorias em desempenho, eficiência energética, IA, gráficos e conectividade. Sua chegada é aguardada com entusiasmo na indústria de dispositivos móveis.

Novidades aguardadas no Snapdragon 8 Gen 3

Há rumores circulando sobre as características do novo chip da linha Snapdragon, e parece que ele seguirá um layout de núcleos organizados da seguinte forma: 1 núcleo de alto desempenho (Cortex-X4) para tarefas exigentes, 2 núcleos de eficiência energética (Cortex-A520), 3 núcleos intermediários entre desempenho e eficiência (Cortex-A720), e possivelmente mais 2 núcleos Cortex-A720 com frequência de clock superior ao padrão.

A base para essas especulações se apoia nos lançamentos anteriores da ARM, onde a empresa introduziu o Cortex-X4 como seu principal núcleo de alto desempenho. Espera-se que o novo SoC (System-on-a-Chip) da Snapdragon incorpore esses componentes, visando um equilíbrio entre desempenho e eficiência de energia. Portanto, a configuração pode ser resumida da seguinte forma: 1 núcleo de alto desempenho, 2 núcleos de economia de energia e 3 núcleos intermediários, com a possibilidade de 2 núcleos intermediários com frequência de clock mais alta do que o padrão.

Se os núcleos forem confirmados, o suporte a aplicativos de 32 bits provavelmente será encerrado, o que era esperado, já que a maioria dos aplicativos no ecossistema Android são 64 bits. A Qualcomm estava adiando essa mudança, especialmente a pedido da China, mas agora parece inevitável. Além disso, a GPU esperada é a Adreno 750, com uma taxa de clock de cerca de 770 MHz, de acordo com benchmarks preliminares. Também há rumores de que o chip pode ser fabricado em versões de 4 nm ou 3 nm, mas isso ainda não foi confirmado.

Testes anteriores divulgados indicam que o Galaxy S24 Ultra, equipado com este processador, pode alcançar um desempenho 80% superior em relação à geração atual, embora o processador tenha sido superado pelo A17 Pro da concorrente Apple em algumas análises.

Inteligencia artificial

A inteligência artificial (IA) está se destacando como um dos tópicos mais relevantes no mercado de tecnologia em 2023, e a Qualcomm demonstrou seu interesse nesse campo. Nesse sentido, não seria surpreendente se o próximo chip desenvolvido pela Qualcomm apresentasse recursos dedicados ao processamento de grandes volumes de dados e à criação de conteúdo.

Embora nada tenha sido oficialmente confirmado até o momento, há expectativas de que o próximo processador Snapdragon da Qualcomm inclua suporte para modelos de linguagem comprimidos, visando aprimorar o desempenho em dispositivos móveis, especialmente no que se refere a recursos de inteligência artificial generativa.

Para atender a essas demandas, a empresa provavelmente terá que aperfeiçoar a integração entre os diversos componentes do chip, incluindo a unidade de processamento gráfico (GPU) e os processadores de sinal digital. Isso é essencial para garantir a eficiência e o desempenho necessários no processamento de dados e na geração de conteúdo que são fundamentais no contexto da inteligência artificial.

Conectividade

O chip Snapdragon 8 Gen 3 trará melhorias significativas na conectividade, suportando Wi-Fi 7 e possivelmente Bluetooth 5.4 para velocidades de transferência mais rápidas e conexões mais estáveis. Seu modem 5G, o Snapdragon X75, economizará energia em comparação com o X70 e melhorará a precisão na localização. Além disso, o chip oferecerá recursos avançados de criptografia e áudio por meio das plataformas Encrypted Advertising Data, Dynamic Spatial Audio e Snapdragon Sound, todas desenvolvidas pela Qualcomm.

Apesar das boas expectativas, o Snapdragon 8 Gen 3 pode não estar tão difundido em dispositivos móveis em 2024 devido a um possível aumento no custo de produção em relação à geração anterior. Isso poderia resultar em dispositivos mais caros para os consumidores ou levar as fabricantes a pularem essa geração em favor da Gen 2 ou de uma versão intermediária mais econômica.

Se inscrever
Notificar de
guest
0 Comentários
Feedbacks embutidos
Ver todos os comentários