05/04/2024

Prefeitura de Manaus leva internet da starlink para escolas ribeirinhas

Em parceria com ACC Serviços e Via Direta Telecom, a iniciativa beneficiará 75 escolas municipais nas zonas rural e rodoviária da capital.

Com o intuito de levar conectividade para a população manauense, por meio do serivço de banda larga via satélite da Starlink, e em parceria com as empresas ACC Serviços e Via Direta Telecom, a Prefeitura de Manaus vai levar internet de alta potência para 75 escolas municipais, nas zonas rural e rodoviária da capital, que se torna a primeira do Brasil a receber o serviço corporativo da empresa de Elon Musk.

A equipe técnica da Secretaria Municipal de Ensino (Semed) acompanhou a instalação da rede na escola municipal José Sobreiro do Nascimento, na comunidade Nossa Senhora de Fátima, às margens do rio Negro, zona rural. O equipamento de conectividade é fixado em lugares estratégicos, visando a melhor conexão via satélite. Além disso, a antena que fornece 200 mega de internet é independente, o que permite seu funcionamento por cerca de 40 minutos em caso de falta de energia.

A secretária municipal de Educação, Dulce Almeida, diz que a internet, assim como o sistema tecnológico implantado nas escolas, promove uma melhor abordagem de ensino e alta performance na comunicação. “Essa internet é permanente, além de ser um avanço imenso para a área de tecnologias educacionais da nossa educação. Ter acesso à internet de qualidade contribuirá para que nossos estudantes possam obter novos conhecimentos, por meio de pesquisas, vídeos e aplicativos”.

De acordo com a gestora da escola municipal José Sobreira do Nascimento, Maria Ozenilda de Lima, que é responsável por atender 278 estudantes da educação infantil, ensino fundamental 1 e 2, a vida dos estudantes e das famílias será transformada.

“Essa internet vem em um momento ímpar, porque as dificuldades, aqui na zona ribeirinha, são intensas em relação ao acesso à internet. Mas uma internet desse porte, via satélite, fará todo o diferencial em nossa vida e da comunidade. Por meio dela, poderemos atender melhor a comunidade e nossos alunos. Será o diferencial na vida deles e dos nossos professores”, frisou a educadora.

O objetivo da iniciativa é promover a conectividade em zonas isoladas no mundo, sendo o sistema Starlink sinônimo de inovação e alta velocidade de comunicação, conforme afirma um dos diretores da empresa ACC e Via Direta, representante oficial da Starlink, Adriano Chagas.

“A rede da Semed é muito complexa, porque engloba uma série de limitações de logística, pelo rio Negro, Solimões e rodovia. Então, o Starlink vai contribuir no sentido de levar uma conexão nível ‘excelente’ de qualidade, melhorando a comunicação nessas escolas. Além disso, essa internet é o que tem de melhor no mundo e, principalmente, em áreas mais isoladas. Com satélites de primeira linha e alta performance conseguimos chegar a 200 mega de velocidade em cerca de 60 milissegundos, que é a latência nível fibra óptica, encontrada em grandes regiões metropolitanas do mundo”, conta.

Se inscrever
Notificar de
guest
0 Comentários
Feedbacks embutidos
Ver todos os comentários