20/04/2024

Mesmo com quase 6 milhões de novos clientes, ações da Netflix sofrem queda

Resultado negativo na bolsa de valores é uma resposta dos investidores, que se decepcionaram com os números apresentados; saiba detalhes.

Nesta semana a Netflix revelou seu balanço financeiro referente ao segundo trimestre do ano, e embora tenha ganhado assinantes, houve uma queda na receita por assinatura, o que causou uma perda de 8,41% nas ações no pregão desta quinta-feira (20) na Nasdaq, em Nova York, a segunda maior bolsa de valores dos Estados Unidos.

O resultado negativo é uma resposta dos investidores, que se decepcionaram com os números apresentados pela plataforma, que ficaram abaixo das expectativas. Já de acordo com o Reuters, na quarta-feira (19), as ações da Netflix despencaram quase 9% nas negociações após o expediente.

De acordo com a Reuters, o analista Craig Huber, da Huber Research Partners, disse que alguns acionistas podem ter ficado muito otimistas sobre o nível de publicidade da Netflix e a repressão de senhas.

“As expectativas de alguns investidores para (o terceiro trimestre) foram muito além do que parece ser a realidade nas orientações da administração”, disse Huber.

O valor da receita, juntamente com os resultados abaixo do esperado para a receita, ofuscou o ganho de quase 6 milhões de novos clientes que a plataforma obteve de abril a junho. No total, o streaming alcançou 42,2 milhões de assinantes na América Latina, incluindo o Brasil, no segundo trimestre, um crescimento de 7,2% na comparação anual. No total, a Netflix tinha um total de 238,4 milhões de assinantes em todo o mundo no final de junho.

No trimestre em questão, o lucro foi de US$ 1,49 bilhão (o equivalente a cerca de R$ 7,1 bilhões), o que significa um crescimento de 3,3% em relação ao mesmo período de 2022. Na comparação trimestral, as receitas da plataforma de streaming somaram US$ 8,18 bilhões em 2023, uma alta de 2,7% sobre o ano passado. O mercado esperava um resultado melhor, de pelo menos US$ 8,3 bilhões.

O streaming espera que o crescimento de receita melhore no segundo semestre, quando a empresa começará a ver os resultados da cobrança pelo pagamento de senhas e o aumento do plano suportado por anúncios. “Embora tenhamos feito um progresso constante este ano, temos mais trabalho a fazer para reacelerar nosso crescimento”, afirma em comunicado.

O desempenho da Netflix também afetou os resultados de outras empresas na bolsa americana. A Amazon recuou 3,88%, a Microsoft perdeu 2,31%, a Alphabet (dona do Google) caiu 2,24% e a Meta (dona do Facebook) teve baixa de 4,25%.

Se inscrever
Notificar de
guest
0 Comentários
Feedbacks embutidos
Ver todos os comentários