22/02/2024

MCom destaca avanço do 5G em evento sobre o futuro da tecnologia

Ministro das Comunicações, Juscelino Filho, representou o MCom e falou sobre o avanço da rede 5G em determinados setores.

O Ministro das Comunicações, Juscelino Filho, ressaltou, neste dia de terça-feira (18), a relevância do 5G para o progresso da manufatura no Brasil durante a inauguração do evento “Abinee TEC 2023”, promovido pela Associação Brasileira da Indústria Elétrica e Eletrônica (Abinee). Com o tópico “O Porvir da Tecnologia na Manufatura: Informações, Internet das Coisas e Inteligência Artificial”, o simpósio foi realizado no São Paulo Expo, na cidade de São Paulo.

MCom

“A rede 5G permitirá a utilização, em larga escala, de análise de volumes massivos de dados (Big Data Analytics), da Internet das Coisas (IoT), da Inteligência Artificial (AI), dentre outras inovações. Há oportunidades para o uso de tecnologias digitais em todas as etapas da produção”, afirmou o ministro.

Juscelino afirmou de forma enfática que tem se empenhado em adiantar, em conjunto com a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) e as empresas de telefonia móvel, a implementação da tecnologia 5G em todo o território nacional. Além disso, estiveram presentes no evento o presidente da Agência, Carlos Baigorri, e o presidente Executivo da Abinee, Humberto Barbato.

Durante sua participação, Juscelino também abordou a criação do Plano Nacional de Inclusão Digital (PNID), a estratégia para proporcionar conectividade às 140 mil escolas públicas brasileiras, o programa Computadores para Inclusão, bem como a utilização dos recursos provenientes do Fundo de Universalização dos Serviços de Telecomunicações (Fust) e do Fundo para o Desenvolvimento Tecnológico das Telecomunicações (Funttel).

Transformação da tecnologia

Um debate sobre o futuro da tecnologia na indústria foi conduzido por Ronaldo Lemos, mestre em Direito pela Universidade de Harvard e coautor de um estudo importante para o Plano Nacional de IoT. O debate abordou temas como as etapas da transformação tecnológica, economia de dados e as experiências da China e da África.

Esse debate aconteceu antes da abertura da 31ª FIEE – Feira Internacional da Indústria Elétrica, Eletrônica, Energia e Automação, que está aberta para visitação até esta sexta-feira (21) no São Paulo Expo. A feira é conhecida no mercado e conta com a participação de marcas nacionais e internacionais, oferecendo insumos que permitem que as indústrias se transformem digitalmente, alcancem eficiência energética e apliquem conceitos de conectividade, automação e IoT.

A Abinee, fundadora da Green Eletron, é uma organização sem fins lucrativos especializada em logística reversa de pilhas, baterias e eletrônicos. Em março deste ano, a Green Eletron firmou um Acordo de Cooperação com o MCom (Ministério das Comunicações) para reforçar as medidas que garantam a destinação adequada do lixo eletrônico tratado pelo programa Computadores para Inclusão, mantido pelo Ministério.

5G

O 5G completou um ano de implementação no Brasil este mês. É até 10 vezes mais rápido que o 4G, permitindo a conexão simultânea de milhares de dispositivos na mesma rede e tem baixa latência. Atualmente, de acordo com a Anatel, 753 municípios possuem a infraestrutura necessária licenciada para a ativação do 5G, em diferentes faixas de frequência (700 MHz, 2,3 GHz e 3,5 GHz).

A responsabilidade pela limpeza da faixa de 3,5 GHz, para que o serviço possa ser oferecido, é da Anatel. Mais de 1,6 mil municípios já estão preparados para receber a tecnologia. O edital do Leilão do 5G estabeleceu um cronograma para a ativação da quinta geração de dados móveis, levando em consideração a quantidade de habitantes nas localidades. As operadoras têm liberdade para seguir seus planos de implantação, desde que cumpram os prazos estabelecidos.

ViaMCom
Se inscrever
Notificar de
guest
0 Comentários
Feedbacks embutidos
Ver todos os comentários